Abrir menu principal

BiografiaEditar

Paralelamente à actividade de escritor, foi contratado pelo conselheiro artístico de John Boorman em Excalibur. Desta experiência, Jordan extrai um documentário que seduz o British Film Institute, o que lhe valeu permitir-lhe financiar a sua primeira longa-metragem, Angel, adaptado de um dos seus romances. Mas é em 1984 que Jordan se torna notado, graças ao sucesso do seu segundo filme - The Company of Wolves, uma fábula onírica e irónica sobre a adoslecência e a mitologia da sexualidade.

FilmografiaEditar

PremiaçõesEditar

Ligações externasEditar