New England Journal of Medicine

O New England Journal of Medicine (NEJM) é uma publicação científica da área da medicina. É publicada semanalmente pela Massachusetts Medical Society. "É o periódico médico geral mais lido, citado e influente do mundo. Mais de 600 000 pessoas de quase todos os países leem o NEJM impresso e online todas as semanas", lê-se no website do NEJM. [1]

New England Journal of Medicine
The New England Journal of Medicine logo
The New England Journal of Medicine
Periodicidade Jornal Semanal
Sede 860 Winter Street, Waltham, Massachusetts.
Fundação 1812 (210 anos)
Editora Massachusetts Medical Society
Editor-chefe Eric J. Rubin
Idioma Inglês
ISSN 0028-4793
Página oficial NEJM Online

O jornal foi fundado pelo Dr. John Collins Warren em 1812 e atualmente está situado na 860 Winter Street, Waltham, Massachusetts.[2] De acordo com o Google Scholar, ocupa a 1ª posição no campo de Ciências da Saúde e Médicas.[3]

MissãoEditar

Segundo a publicação em seu website, sua "missão é publicar as melhores pesquisas e informações na sobre a ciência biomédica e a prática clínica e apresentar essas informações de forma compreensível e clinicamente útil, a fim de informar sobre a prestação de cuidados de saúde que melhorem a resposta dos pacientes". [1]

Fatos históricosEditar

1812: o jornal é fundado por John Collins Warren, com colaboração de James Jackson;

1921: se funde com o Boston Medical Intelligencer para se tornar o Boston Medical and Surgical Journal. Neste no também começa a ser publicado semanalmente e é comprado pela Massachusetts Medical Society;

1928: é renomeado para New England Journal of Medicine;

1978: torna-se a primeira revista médica americana a receber o distinto Prêmio Polk de excelência jornalística;

1996: começa a digitalização do conteúdo do NEJM com o lançamento do NEJM.org;

2010: é lançado o arquivo NEJM, fornecendo acesso para a pesquisa de mais de 150.000 artigos desde a fundação do jornal.

Seleção das publicaçõesEditar

Segundo o NEJM em seu website, todos os anos a revista recebe mais de 16.000 pesquisas e outras para serem avaliadas e publicada, mas apenas cerca de 5% do material receibdo chega a ser publica. Segundo a publicação também, ais da metade vem de fora dos Estados Unidos.

EditoresEditar

  • Walter Prentice Bowers, 1921–1937
  • Robert Nason Nye, 1937–1947
  • Joseph Garland, 1947–1967
  • Franz J. Ingelfinger, 1967–1977
  • Arnold S. Relman, 1977–1991
  • Jerome P. Kassirer, 1991–1999
  • Marcia Angell, 1999–2000
  • Jeffrey M. Drazen, 2000- [4]

CuriosidadesEditar

Todo o conteúdo está disponível gratuitamente no NEJM.org seis meses após a data de publicação. Além disso, os leitores qualificados de países de baixa renda têm acesso gratuito a todos os artigos desde 1990. [1]

  • O fator de impacto da publicação foi de 91,2 em 2021, terceiro maior fator de impacto de um jornal acadêmico.[5]
  • Por motivos de referência costuma ser abreviado para N Engl J Med.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre ciência é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. a b c «About NEJM». New England Journal of Medicine (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2020 
  2. «Contact NEJM». New England Journal of Medicine (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2020 
  3. «Health & Medical Sciences - Google Scholar Metrics». scholar.google.com. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  4. «Editors and Publishers | About NEJM». New England Journal of Medicine (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2020 
  5. JCR. JCR Impact Factor 2021. [S.l.: s.n.]