Nicholas Callan

Nicholas Callan
Nascimento 22 de dezembro de 1799
Morte 10 de janeiro de 1864 (64 anos)
Ocupação físico, inventor, professor universitário
Religião Catolicismo

Nicholas Joseph. Callan (Darver, Condado de Louth, 22 de dezembro de 1799Maynooth, Condado de Kildare, 10 de janeiro de 1864) foi um inventor, físico e religioso católico-romano.[1]

VidaEditar

Callan estudou filosofia e teologia romano-catpolica e foi ordenado sacerdote em 1823. Estudou depois na Universidade de Roma "La Sapienza". Durante o tempo em que morou em Roma conheceu pioneiros da eletricidade, como os italianos Luigi Galvani e Alessandro Volta. Na Irlanda obteve um emprego como professor universitário em Maynooth.

A primeira bobina de indução foi desenvolvida em 1836, após pré-trabalhos de Michael Faraday, por Callan no St Patrick’s College em Maynooth. Sua forma construtiva não correspondia ao design cilíndrico posterior, mas na forma de uma ferradura. Uma melhoria foi apresentada um ano depois por William Sturgeon.

Publicações selecionadasEditar

  • Electricity and Galvanism (livro introdutório), 1832

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Rev. Nicholas J. Callan (1799 – 1864) IEEE Milestone in Electrical Engineering and Computing» (em inglês). maynoothuniversity.ie. Consultado em 9 de fevereiro de 2020 

Ligações externasEditar

  • «Science Gallery: Callan» (em inglês). Maynooth College: National Science and Ecclesiology Museum. Consultado em 9 de fevereiro de 2020  Imagens de aparelhos históricos com curta descrição