Abrir menu principal

Nobel de Química

(Redirecionado de Nobel da Química)
Prêmio Nobel de Química
Descrição Contribuições extraordinárias para a humanidade em química
Data 10 de dezembro de 1901
Apresentação Academia Real das Ciências da Suécia
Local Estocolmo
País Suécia
Primeira cerimónia 1901
Última cerimónia 2019
Detentor John Bannister Goodenough, Michael Stanley Whittingham e Akira Yoshino[1]
Sítio oficial

O Nobel de Química (em sueco: Nobelpriset i kemi) é atribuído anualmente pela Academia Real das Ciências da Suécia a diversos cientistas de diferentes campos da Química. É um dos cinco Prêmios Nobel criados a partir de Alfred Nobel, em 1895, atribuído pelas notáveis contribuições para a facilitação dos dias de hoje a partir de cinco áreas: química, física, literatura, paz, fisiologia ou medicina e economia (sendo este último atribuído pelo Banco da Suécia desde 1968 em homenagem a Alfred Nobel.). Este prêmio é administrado pela Fundação Nobel, adjudicado por um comitê constituído por cinco membros eleitos pelo Academia Real das Ciências da Suécia. O primeiro Nobel de Química foi atribuído em 1901, a Jacobus Henricus van’t Hoff, dos Países Baixos, “por sua descoberta das leis da dinâmica da química e pressão osmótica em soluções.” A cerimônia na qual é entregue o prêmio é apresentada em Estocolmo, capital da Suécia, em uma cerimônia anual em 10 de dezembro, o aniversário da morte de Nobel.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Nobel da Química para a promessa de "um mundo recarregável" com lítio». Público. 9 de outubro de 2019. Consultado em 9 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar