Como ler uma infocaixa de taxonomiaNotosuchia
Ocorrência: Cretáceo Inferior–Cretáceo Superior
Crânio do Simosuchus clarki
Crânio do Simosuchus clarki
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
(sem classif.) Crocodylomorpha
Subordem: Notosuchia
Gasparini, 1971
Famílias
  • †Notosuchidae
  • †Chimaerasuchidae
  • †Comahuesuchidae
  • †Candidodontidae
  • †Sphagesauridae
  • †Sebecosuchia

Notosuchia é um clado de crocodilomorfos primariamente encontrados na Gondwana que viveram no período Cretáceo. Restos fósseis deste grupo têm sido encontrados na América do Sul, África, Ásia e Madagascar. Constitui um clado de formas terrestres que evoluíram numa diversidade de hábitos alimentares, incluindo herbivoria (Chimaerasuchus), omnivoria (Simosuchus), e carnivoria (Baurusuchus). Inclui muitas espécies com características altamente derivadas para crocodilomorfos incluindo dentes semelhantes aos dos mamíferos, faixas flexíveis na couraça semelhante as dos tatus, e focinhos semelhantes aos dos porcos.

O clado foi proposto inicialmente como uma infraordem,[1] passando então por várias revisões taxonômicas.

Referências

  1. GASPARINI, Z. (1971). «Los Notosuchia del Cretácico de América del Sur como un nuevo Infraorden de los Mesosuchia (Crocodilia)». Ameghiniana. 8: 83–103