Nuaquexote

Capital e maior cidade da Mauritânia
(Redirecionado de Nouakchott)

Nuaquexote[1][2][3] ou Nuaquechote[4][5] (em árabe: نواكشوط, Núákshút; em francês: Nouakchott, nome também usado em português[6]) é a capital e maior cidade da Mauritânia. Sendo englobada pelo distrito da capital, não faz parte de qualquer das regiões da Mauritânia. Com uma população estimada em 958 400 habitantes (segundo o censo de 2013), é uma das maiores cidades situadas dentro do deserto do Saara.[7]

Nuaquexote
  Cidade  
Vista aérea de Nuaquexote
Vista aérea de Nuaquexote
Localização
Nuaquexote está localizado em: Mauritânia
Nuaquexote
Localização de Nuaquexote na Mauritânia
Coordenadas 18° 6' N 15° 57' O
País Mauritânia
Região Nuaquexote
Departamento Nuaquexote
Administração
Distritos Distritos
Prefeito Ahmed Ould Hamza
Características geográficas
Área total 1 000 km²
População total (Censo 2013) 958 400 hab.
Densidade 958,4 hab./km²
Fuso horário UTC (UTC+0)

HistóriaEditar

Como parte da colónia da África Ocidental Francesa, a Mauritânia não tinha capital. A capital da colónia era São Luís, no Senegal. A pequena cidade portuária e piscatória de Nuaquexote foi escolhida para capital do novo país em 1957, tendo-se iniciado um ambicioso programa de construção para aumentar a população da cidade para 15 mil habitantes. Em 1958, a Mauritânia transformou-se numa república autónoma, dentro da Comunidade Francesa. Quando esta organização se tornou moribunda em 1962, Nuaquexote tornou-se capital da Mauritânia independente.

Devido ao seu pequeno tamanho até 1958, existem poucos factos relevantes na história de Nuaquexote, com excepção da possibilidade de os almorávidas serem originários desta área.

Nuaquexote fica na costa atlântica do Deserto do Saara. Com excepção do porto de Nuaquexote, a faixa costeira é deixada vazia e sujeita a inundações. Na década de 1970, a cidade viu sua população se multiplicar, de 20 mil habitantes em 1969 para 150 mil em 1980, devido sobretudo à seca que teve lugar no início da década de 1970, a qual obrigou muitas pessoas de todo o país a migrarem para a capital em busca de melhores condições de vida.

Devido ao rápido crescimento (a população é estimada em mais de 960 mil pessoas atualmente), a cidade está espalhada por uma grande área, com poucos edifícios altos. A cidade está centrada na Avenida Abd-el-Nasser, uma rua larga e flanqueada por árvores, que liga o aeroporto ao centro da cidade.

Nuaquexote age como ponto de ligação entre a população urbana e a população nómada do país. Parte da população tem um estilo de vida nómade, tornando difícil estimar a sua população. Apesar de as rochas sob a cidade possuírem um vasto reservatório de água potável, conhecido como Lago Trarza, o rápido crescimento da cidade provoca a escassez de água potável.

Entre os pontos importantes da cidade incluem-se o Museu Nacional da Mauritânia, vários mercados, incluindo o Mercado da Prata de Nuaquexote, e as praias, uma das quais serve de base à frota de pesca.

TransportesEditar

 
Aeroporto Internacional Nuaquexote-Oumtounsy

A cidade é servida pelo Aeroporto Internacional Nuaquexote-Oumtounsy, que substituiu o antigo Aeroporto Internacional de Nuaquexote em 2016.

Cidades-irmãsEditar

Nuaquexote é geminada com:

Referências

  1. Correia, Paulo (Direção-Geral da Tradução – Comissão Europeia) (Primavera de 2015). «EIIL/Daexe — geografias e transliterações» (PDF). «a folha» – Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 50). ISSN 1830-7809. Consultado em 21 de junho de 2016 
  2. «nuaquexotense - Significado no Dicionário Rápido». nossalinguaportuguesa.com.br. Consultado em 30 de dezembro de 2015 
  3. Correia, Paulo (Primavera de 2019). «Duxambé, Chechénia e os estados Xã e Chim» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 59): 5-14. ISSN 1830-7809. Consultado em 8 de julho de 2019 
  4. Serviço das Publicações da União Europeia. «Anexo A5: Lista dos Estados, territórios e moedas». Código de Redacção Interinstitucional. Consultado em 19 de janeiro de 2012 
  5. Instituto Internacional da Língua Portuguesa. «Nuaquechote». Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa. Consultado em 28 de maio de 2017 
  6. «Dicionário da Porto Editora» 
  7. «LiveScience - Sahara Desert (em inglês)» 
  8. «Mapa Mundi de las ciudades hermanadas». Ayuntamiento de Madrid. Consultado em 28 de janeiro de 2011. Arquivado do Madrid city council webpage original Verifique valor |url= (ajuda) em 26 de maio de 2012 
  9. Amman’s Relations with Other Cities. Municipality of Greater Annam. Accessed 25 August 2009.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Nuaquexote
  Este artigo sobre Geografia da Mauritânia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.