Nuno José Fulgêncio Agostinho João Nepomuceno de Mendonça e Moura

Nuno José Fulgêncio Agostinho João Nepomuceno de Mendonça e Moura, 6.º conde de Vale de Reis (16 de maio de 17334 de junho de 1799).

Nuno José de Mendonça e Moura
6.º Conde de Vale de Reis
Nuno Mendonça e Moura, 6° conde de Vale de Reis
Governador e Capitão-general do Reino do Algarve
Período
1786 a 1795
Dados pessoais
Nome completo Nuno José Fulgêncio Agostinho João Nepomuceno de Mendonça e Moura
Progenitores Mãe: Joana de Noronha
Pai: Lourenço Filipe Nery de Mendonça e Moura

Exerceu o cargo de Governador e Capitão-general do Reino do Algarve de 1786 a 1795 com sede em Tavira, e debaixo do seu governo foram restaurados os forte de São João da Barra de Tavira e Cacela, foi erigido o Quartel da Atalaia de Tavira, foi criada a Aula de Anatomia e Cirurgia em Tavira, dirigido pelo cirurgião José Gonçalves de Andrade [1] , e criada a "Aula de Tavira", espécie de aula prática de artilharia e fortificação tendo como lente o engenheiro militar José Sande de Vasconcelos[2]. Finalmente, foi realizado o "Mappa da configuração de todas as praças fortalezas e baterias do Reyno do Algarve" [3] [4] também pelo mesmo José Sande de Vasconcelos.

Foi pai do 8º conde de Vale de Reis e 1º marquês de Loulé Agostinho Domingos José de Mendonça Rolim de Moura Barreto .

Referências

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.