Abrir menu principal
O Chifrudo
Autor(es) Miguel M. Abrahão
Idioma português
País Brasil
Editora Agbook
Lançamento 2009

O Chifrudo é uma peça teatral em dois atos escrita por Miguel M. Abrahão em 1978[1] e publicada, pela primeira vez, em 2009 no Brasil.[2]

SinopseEditar

O Chifrudo, - uma peça teatral que exige atores com grande experiência e versatilidade -, deu oportunidade ao autor, Miguel M. Abrahão, de reavaliar, ao seu modo, um dos temas mais comuns e conhecidos da literatura universal: o triângulo amoroso. A história não está voltada para o conteúdo melodramático como seria de se prever. Antes de tudo é uma crítica ácida e delirante ao consumismo. Dayse, a mulher, é apresentada ao público como consumidora e objeto de consumo, assim como Hermes, o marido, o amante - Dondoco - e as duas vizinhas com perfis completamente diferentes. Com final surpreendente e original, a peça sempre cativou platéias do país e deu ótimas oportunidades a atores em busca de papéis que permitam o verdadeiro exercício teatral e não o riso fácil e óbvio do humor moderno.[3]. Em uma das montagens brasileiras desta peça, o elenco trazia, entre outros, a atriz Iara Cortes e a atriz Lícia Magna [4].

Referências

  1. Literatura Brasileira - UFSC
  2. Fundação Biblioteca Nacional - Arquivos
  3. COUTINHO, Afrânio; SOUSA, J. Galante de. Enciclopédia de literatura brasileira. São Paulo: Global; Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, Academia Brasileira de Letras, 2001: 2v
  4. Teledramaturgia Globo

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.