Abrir menu principal
O Conquistador do Fim do Mundo
O Conquistador do Fim do Mundo (BR)
Informação geral
Formato Game show
Duração 15 minutos (segunda à sexta)
60 minutos (sábados)
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Apresentador(es) Celso Portioli
Exibição
Emissora de televisão original SBT
Transmissão original 12 de abril de 2003 - 5 de julho de 2003
N.º de temporadas 1

O Conquistador do Fim do Mundo foi um programa de televisão exibido no Brasil pelo SBT entre 12 de abril e 5 de julho de 2003.[1] Foi apresentado por Celso Portiolli.

AntecedentesEditar

 
Farol onde se desenrolou a prova final, o farol do "fim do mundo".

A partir de novembro de 2002, o SBT começou a fazer em sua programação chamadas para a inscrição no programa. Além disso, o programa foi uma produção independente da Profilm, em parceria com todas as emissoras dos países participantes.[2]

Os 14 participantes brasileiros viajaram para Argentina no dia 2 de fevereiro de 2003. Antes da corrida oficial, 2 participantes com menos resistência física de cada país eram eliminados e voltavam para casa.[3]

O ProgramaEditar

O reality era uma competição entre cinco países (Brasil, Equador, Chile, EUA e México). Cada país era representado por uma equipe de 14 pessoas, sendo sete homens e sete mulheres. Antes de entrarem na competição, todos eles passaram por rigorosas baterias de testes de aptidão física, natação, corrida e esportes de aventura. Os competidores percorriam toda a região da Patagônia. O objetivo era conquistar a cidade de Ushuaia, capital da Terra do Fogo, conhecida como a “terra do fim do mundo”.

A cada programa, um participante era eliminado. Havia ainda disputas e votações para eliminação interna e entre equipes rivais: provas nacionais, das quais saía o líder de cada país, e as provas gerais, onde os times percorriam um trecho do percurso. A equipe que chegasse ao fim do trecho era a vencedora. A eliminação era simples, o líder do país indicava dois participantes para a assembleia, na qual o líder da equipe vencedora da prova geral (que permanecia com todos seus participantes) determinava quem voltava à competição e quem era eliminado de cada grupo. Os prêmios era uma pick-up e uma quantia em dinheiro durante 12 meses.[4]

ResultadosEditar

No primeiro programa, Julian Righetto venceu a competição, realizada em quatro etapas, e sua primeira tarefa foi eliminar dois participantes do grupo, antes do início das provas internacionais. Ele escolheu Adriane Heinisch e Gustavo Fannucci para deixar o programa.

A melhor colocada entre os brasileiros do Reality Show "O Conquistador do Fim do Mundo" foi Lilia Godoi, professora de educação física e atleta de corrida de aventura, nascida em Niterói (RJ). Foi durante sua liderança que a equipe venceu a única etapa na disputa, a última, porém chegou em última colocada na prova que valia o título do programa. O vencedor geral foi Pablo Villegas, um chileno.

AudiênciaEditar

No Brasil, teve baixa audiência, uma vez que concorria diretamente com a novela das 21 horas da Rede Globo. Ainda assim, registrava entre 7 e 10 pontos no IBOPE, mesmo sendo exibido com legendas. No ano foi o maior faturamento da emissora, com as 5 cotas de patrocínio vendidas.

A partir de 27 de maio de 2003, o programa passou a ser exibido às 00:30.[5]

CríticasEditar

Na época de exibição o jornalista José Armando Vannucci escreveu uma critica sobre o programa

Trilha SonoraEditar

O SBT lançou na época um CD com a trilha sonora do programa.[7]

  1. O conquistador do fim do mundo
  2. Tema de abertura - instrumental
  3. Quero descobrir um novo mundo
  4. Trajeto - instrumental
  5. Hasta el fin del mundo
  6. Alegria - instrumental
  7. El conquistador del fin del mundo
  8. Ação - instrumental
  9. Quiero descobrir um nuevo mundo
  10. Emoção e adrenalina
  11. Viajero del amor
  12. The conqueror

Referências

  1. «SBT anuncia reality show para conquistar o mundo». Estadão. 7 de abril de 2003. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  2. «SBT faz 'reality show' disputado por países». Folha de S.Paulo. 16 de novembro de 2002. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  3. «SBT envia equipe para competição na Patagônia». Folha de S.Paulo. 2 de fevereiro de 2003. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  4. «Saiba mais sobre o programa 'O Conquistador do Fim do Mundo'». 360 graus. 15 de maio de 2003. Consultado em 21 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 22 de dezembro de 2015 
  5. «Reality show 'O Conquistador' ganha novo horário no SBT». Diário do Grande ABC. 27 de maio de 2003. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  6. José Armando Vannucci (17 de junho de 2003). «Falta de promoção derrubou uma das mais arrojadas produções da TV». Área Vip. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  7. «CD 'O Conquistador'». Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.