Abrir menu principal

Olhalvo

freguesia de Alenquer, Portugal
Portugal Portugal Olhalvo 
  Freguesia  
Brasão de armas de Olhalvo
Brasão de armas
Olhalvo está localizado em: Portugal Continental
Olhalvo
Localização de Olhalvo em Portugal
Coordenadas 39° 05' 55" N 9° 03' 50" O
País Portugal Portugal
Concelho ALQ.png Alenquer
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Jacinto Aguiar Agostinho (G.C.E.)
Área
- Total 8,3 km²
População (2011)
 - Total 1 907
    • Densidade 229,8 hab./km²
Orago Mártir São Sebastião
Freguesia de Olhalvo

Olhalvo é uma freguesia portuguesa do concelho de Alenquer, com 8,3 km² de área e 1 907 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é de 229,8 hab/km²

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Olhalvo [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
884 1 093 1 472 1 615 1 793 1 900 2 094 2 322 2 477 2 200 1 542 2 121 1 998 2 006 1 907

   ;  ;

Curiosidades HistóricasEditar

  • O primeiro batismo realizado nesta freguesia (de que há registo, atualmente), foi realizado em 1612, e é referente a Ana, filha de António Fernandes e de Ana Gonçalves (moradores em Penafirme).
  • O primeiro casamento realizado nesta freguesia (de que há registo, atualmente), foi realizado em 1633, e é referente a Francisco Gonçalves e Maria Gomes (moradores em Penafirme).

PolíticaEditar

A freguesia de Olhalvo é administrada por uma junta de freguesia, liderada por António José Nicolau, eleito nas eleições de 2017 pelo Partido Socialista com 58,85% dos votos. Existe uma assembleia de freguesia, que é o órgão deliberativo, constituída por 9 membros onde outras forças politicas estão representadas.

No mandato anterior a junta de freguesia de Olhalvo foi liderada por Jacinto Aguiar Agostinho, eleito nas eleições autárquicas de 2013 pela Lista independente "Olhalvo Freguesia com Coração", sendo o seu terceiro mandato como presidente da Junta de Freguesia de Olhalvo.

Nas eleições de 2009 o agrupamento político mais representado na Assembleia de Freguesia foi a lista independente "Olhalvo Freguesia com Coração" com 5 membros (maioria absoluta), seguida do PS com 3 e da CDU com um.

PatrimónioEditar

  • Igreja e Convento de Nossa Senhora da Encarnação
  • Convento de Nossa Senhora da Encarnação
  • Recolhimento de Nossa Senhora da Conceição
  • Cruzeiro
  • Cruzeiro/Painel das Antas
  • Fonte
  • Quinta de São José da Laje

BrasãoEditar

A bordadura de ouro com as nove cunhas tal como se pode ver no Brasão, representa o património histórico de Olhalvo, nomeadamente a igreja e o antigo Convento de Nossa Senhora da Encarnação. Este conjunto foi mandado construir e oferecido aos frades Carmelitas pelo Bispo de Elvas, D. Manuel da Cunha, no século XVII.

A família Cunha, já ligada a esta zona, tem aqui o seu Panteão. Na igreja estão sepultados o próprio Bispo, seus pais e irmão e, ainda seu parente, o célebre Tristão da Cunha. Tristão da Cunha foi uma notável figura da História de Portugal.

As armas da família Cunha, estão colocadas sobre o pórtico da Igreja. É um escudo com nove cunhas envolvidas por uma bordadura com cinco escudetes das quinas.

No centro do Brasão está representado um cacho de uvas tintas, remetendo para a longa tradição de produção de vinho testemunhada pelo grande número de antigas adegas existente na povoação.

Actividade CulturalEditar

Olhalvo tem tido ao longo dos tempos uma actividade cultural bastante marcante na vida da freguesia, sendo uma das localidades do concelho de Alenquer com maior actividade cultural.

Actualmente estão em actividade os seguintes grupos:

- A Banda da Sociedade Filarmónica Olhalvense, SFO, que iniciou atividade em 1918;

- O Rancho Folclórico adulto e infantil também da SFO;

- A Escola de Samba de Penafirme da Mata, que permite tomar contacto com a cultura Brasileira através da música e da dança;

- A Associação Recreativa da Pocariça que tem várias actividades no âmbito do desporto de manutenção e o seu renovado Rancho Folclórico;

- Noses com Vozes, grupo iniciado em 1994, que se dedica à criação de temas musicais de raiz tradicional e à divulgação dos cantares tradicionais da região e do país.

No âmbito cultural devem ser também referidos:

- O Círio de Olhalvo à Nossa Senhora da Nazaré, que terá sido iniciado no Sec. XVI e decorre em Setembro de cada ano, organizado rotativamente por comissões compostas por moradores das principais localidades da freguesia, Olhalvo, Penafirme da Mata e Pocariça;

- O Cantar dos Reis, que decorre na noite anterior ao dia de Reis, 6 de janeiro, e leva um grupo de Cantadores a percorrer as ruas e a pintar nas paredes de cada casa desejos de Bons Reis, BR.

- A festa anual de Olhalvo, também em setembro de cada ano.

LocalidadesEditar

Para além da própria aldeia de Olhalvo:

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 1 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes


  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.