Pallacanestro Olimpia Milano

(Redirecionado de Olimpia Milão)

O Olimpia Milão também conhecido por EA7 Emporio Armani é um clube profissional de basquetebol fundado em 1936[1] na cidade de Milão, Itália. Atualmente disputa a Lega Basket A e a Euroliga atuando no Mediolanum Forum (capacidade 12.500). Suas cores oficiais são vermelho e branco, sendo que algumas vezes o clube é chamado de Scarpette Rosse (Sapatinhos vermelhos) porque eram importados tênis "All Star" da "Converse" dos Estados Unidos para os jogadores, este apelido ainda é usado pelos fãs da equipe.

Olimpia Milano
Olimpia Milano logo
Liga Itália LBA
União Europeia EuroLiga
Fundação 1930 (91 anos)
Arena Mediolanum Forum
Localização Milão, Itália
Cores          
Presidente Pantaleo Dell’Orco
Treinador Ettore Messina
Capitão do Time Itália Andrea Cinciarini
Títulos 3 Euroliga
2 Copa Saporta
2 Copa Korać
1 Copa Intercontinental
28 ligas nacionais
7 Copas da Itália
4 Supercopas
Material esportivo Itália Armani
Patrocinador Principal Itália Armani Exchange
Website sítio oficial

Na Liga Italiana, assim como no NBB, o nome dos clubes é determinado pelo patrocinador principal, sendo que o Olimpia Milão trocou o nome diversas vezes. Entre 1936 e 1955 a equipe se chamou Borletti Milano. De 1956 a 1973 foi renomeado como Simenthal Milano. Para outros nomes da equipe, ver lista abaixo

O Olimpia é o clube com mais títulos na Itália, vencendo 28 ligas italianas, 3 Euroligas, 4 Copas da Itália, 1 Copas Intercontinentais, 3 Copa Saporta, 2 Korac Cup e outros títulos das categorias de base.

HistóriaEditar

O Pallacanestro Olimpia Milão foi fundado em 1936 pelo empresário milanês Adolfo Bogoncelli. Durante a década de 50 e 60 o clube venceu a liga italiana com grande regularidade contando com as estrelas Nane Vianello, Sandro Riminucci, Gianfranco Pieri, e Bill Bradley. Nos anos 70 havia três equipes lutando pela supremacia no Velho Continente: Olimpia Milão, Ignis Varese e Real Madrid. Pela proximidade das Cidades de Milão e Varese, algo em torno de 40 km, os representantes das cidades cultivaram grande rivalidade nestes anos.

No final dos anos 70, a qualidade de jogo decaiu, mas o Olimpia ainda conseguiu vencer a Copa Saporta. Na secunda metade dos Anos 70, o clube assinou contrato com ótimos jogadores, incluindo os gêmeos Boselli (Franco e Dino), Mike Silvester, Dino Meneguin, Mike D'Antoni, John Gianelli, Roberto Premier, Bob McAdoo, Joe Barry Carroll, Russ Schoene, Antoine Carr e Mike Brown. O técnico norte americano Dan Peterson liderou o time de volta ao estrelato.

Durante os anos 80 o clube foi vendido para a família Gabetti. Durante essa época, o time classificou-se para nove finais da liga italiana, vencendo cinco delas, e durante a temporada 1987-1988, venceu a liga italiana, venceu a Euroliga (que terminou em 1988 e foi vencida contra o Maccabi Tel Aviv no primeiro Final Four), a Copa da Itália e a Copa Intercontinental, que desta forma excedeu as honrarias comuns de "Tríplice Coroa" para a raríssima "Quadrupla Coroa".

Liderado pelo armador Sasha Djordjevic, a equipe foi novamente a vencedora da Copa Korac em 1993. Bepi Stefanel adquiriu a equipe em 1994 e foram contratados jogadores notáveis como Dejan Bodiroga, Gregor Fučka, Sandro De Pol e Nando Gentile. Nas celebrações dos 60 anos do clube em 1996, o Olimpia Milão venceu a Copa da Itália e a sua 25º liga italiana.

Patrocinadores PrincipaisEditar

Através dos anos, por motivo de contratos de patrocínio, chamou-se também:[2]

  • Borletti (1936–55)
  • Simmenthal (1955–73)
  • Innocenti (1973–75)
  • Cinzano (1975–78)
  • Billy (1978–83)
  • Simac (1983–86)
  • Tracer (1986–88)
  • Philips (1988–93)
  • Recoaro (1993–94)
  • Stefanel (1994–98)
  • Sony (1998–99)
  • Adecco (1999–02)
  • Pippo (2002–03)
  • Breil (2003–04)
  • Armani Jeans (2004–2011)
  • EA7-Emporio Armani (2011–presente)

Títulos[3]Editar

Referências

  Este artigo sobre basquetebol é um esboço relacionado ao Projeto Basquetebol. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.