Bob McAdoo

basquetebolista estadunidense

Robert Allen "Bob" McAdoo (Greensboro, 25 de setembro de 1951) é um ex-jogador e treinador de basquetebol norte-americano.[1] Durante 14 temporadas na NBA (19721986), McAdoo foi cinco vezes All-Star e nomeado o Jogador mais Valioso (MVP) em 1975. Além disso, foi duas vezes campeão da NBA jogando pelo Los Angeles Lakers em 1982 e 1985. Em 2000 foi introduzido no Basketball Hall of Fame como jogador[2].

Bob McAdoo
Mcadoo 1973.jpg
McAdoo em 1973
Informações pessoais
Nome completo Robert Allen McAdoo
Data de nasc. 25 de setembro de 1951 (69 anos)
Local de nasc. Greensboro, Carolina do Norte, Estados Unidos
Altura 2,06 m (6 ft 9 in)
Peso 95 kg (210 lb)
Apelido Bob
Informações no clube
Número 11, 21
Posição Ala-pivô
Clubes de juventude
1969–1971
1971–1972
Estados Unidos Vincennes University
Estados Unidos North Carolina Tar Heels
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
19721976
19761979
1979
19791981
1981
19811985
1986
1986–1990
1990–1992
1992
Estados Unidos Buffalo Braves
Estados Unidos New York Knicks
Estados Unidos Boston Celtics
Estados Unidos Detroit Pistons
Estados Unidos New Jersey Nets
Estados Unidos Los Angeles Lakers
Estados Unidos Philadelphia 76ers
Itália Olimpia Milano
Itália Filanto Forli
Itália Teamsystem Fabriano

McAdoo jogou nas posições Ala-pivô e Pivô em 21 temporadas como profissional, sendo quatorze delas na NBA e as últimas sete na Lega Basket. McAdoo é um dos poucos jogadores a conquistarem o título da NBA e também o da Euroliga, à época chamada de Copa dos Campeões Europeus da FIBA.[3] Mais tarde voltou a vencer na NBA em três ocasiões desta vez como assistente técnico do Miami Heat em 2006, 2012 e 2013[4].

Primeiros anosEditar

McAdoo nasceu em Greensboro, Carolina do Norte. Sua mãe, Vandalia, lecionava em uma escola e seu pai, Robert, era zelador na Universidade Estadual Agrícola e Técnica da Carolina do Norte. Enquanto isso, McAdoo estudava na Ben L. Smith High School, onde ele não apenas participava das atividades esportivas de basquetebol, atletismo, como também era integrante da banda marcial da escola tocando Saxofone.[5]

Em seus anos como veterano, McAdoo liderou as equipe de basquetebol e atletismo da escola até as semifinais estaduais, onde ele registrou o novo recorde estadual no salto em altura quando saltou 2,00m, vencendo na ocasião seu futuro colega Bobby Jones, que dividiriam quadra na North Carolina Tar Heels.[5][6]

Basquetebol universitárioEditar

Ao terminar o ensino médio, McAdoo inicialmente não tinha os resultados dos testes acadêmicos exigidos pelas escolas da Divisão I, então ele escolheu se matricular na Vincennes University, então uma faculdade júnior, em Vincennes, Indiana, de 1969 a 1971. A Vincennes University venceu a NJCAA iDivisão I em 1970, com McAdoo marcando 27 pontos no jogo final. Seu companheiro de quarto era o companheiro de equipe Foots Walker.[6] McAdoo foi nomeado para o quinteto idela All American como veterano em 1971.[7]

 
McAdoo em sua única temporada na UNC

Jogando por Vincennes, McAdoo anotou médias de 19,3 pontos e 10 rebotes na temporada de 1969–70 e 25,0 pontos e 11,0 rebotes na temporada posterior.[8][9]

No verão de 1971, McAdoo pode representar a seleção estadunidense disputando os Jogos Pan-Americanos de 1971 com médias de 11 pontos por jogo.[10]

"Nós realmente não o tínhamos recrutado," disse o técnico da Carolina do Norte, Dean Smith. "Sua mãe nos ligou para o chamarmos, pois todas as escolas pediam por ele, por que a Carolina do Norte não o estava?"[11]

McAdoo matriculou-se na Universidade da Carolina do Norte em 1971 sendo o único jogador oriundo do Junior College recrutado por Dean Smith em toda a sua carreira.[12] McAdoo jogando ao lado de Bobby Jones liderou na temporada 1971-72 os Tar Heels a uma série de 26 vitórias e apenas 5 derrotas, fato que culminou na disputa do Final Four onde foram derrotados por Florida State. McAdoo obteve médias de 19,5 pontos e 10,1 rebotes. A performance de McAdoo foi reconhecida com sua nomeação ao quinteto ideal All-American, além de ser honrado com título de MVP do torneio ACC.[13]

Citando duras dificuldades familiares, McAdoo utilizou-se de cláusula de "dificuldades", prevista até 1977, para ser elegível e disputar o Draft da NBA de 1972. McAdoo consultou seu treinador, Dean Smith, que o encorajou a rumar para a NBA.[9][14]

McAdoo disse: "Quando eu saí, muitas pessoas estavam muito zangadas e chateadas. Mas Dean me deu sua bênção. Ele me disse: 'Se eles vão oferecer a você esse tipo de dinheiro, acho que você deveria sair para ajudar você e sua família. 'Tive sua bênção. Minha mãe foi totalmente contra ", acrescentou McAdoo," mas meu pai e Dean Smith foram os caras que me fizeram mudar. "[15]

Carreira ProfissionalEditar

 
McAdoo (11) jogando pelos Buffalo Braves

Draft da ABA e NBA em 1972Editar

McAdoo buscou e venceu a elegibilidade antecipada no draft de 1972 da NBA.

No entanto, houve rumores de que McAdoo assinou com o Virginia Squires da rival American Basketball Association depois de um draft "secreto" da ABA em que os nomes dos escolhidos não foram divulgados. Mesmo que nenhum contrato tenha sido produzido e McAdoo negado, supostamente, o comissário da NBA Walter Kennedy aconselhou as equipes da NBA a não convocar McAdoo.[16] Outros relatos foram de que um contrato foi assinado e cancelado, porque McAdoo era muito jovem para assiná-lo e que Buffalo de alguma forma sabia disso. Mais tarde, McAdoo foi de fato apontado como a escolha nº 1 do Draft da American Basketball Association de 1972..[6][17][18]

Buffalo Braves (1972–1976)Editar

Mesmo com os pesares o Buffalo Braves o aceitou e o selecionou como segunda escolha geral no Draft de 1972, após rumores de que as negociações de contrato entre o Portland Trail Blazers e McAdoo não deram certo com a primeira escolha.[19] LaRue Martin foi selecionado pelo Portland.[5] McAdoo assinou com o Braves e rapidamente se tornou um dos principais jogadores da NBA. Em 1973conquistou o NBA Rookie of the Year Award e foi nomeado ao Quinteto ideal entre os novatos da liga. Ele ganhou o primeiro de três títulos consecutivos de pontuação da NBA já na sua segunda temporada.

McAdoo ficou frustrado com a derrota de Buffalo em sua temporada de estreia, dizendo: "Aqui estava eu sentado em Buffalo, estávamos prestes a perder 61 jogos e não tínhamos nenhum jogador. Minha esposa poderia ter ultrapassado essas pessoas."[6]

Sua segunda temporada (1973-74) continua sendo a última vez em que um jogador da NBA obteve uma média de 30,0 pontos e 15,0 rebotes por jogo. McAdoo também liderou a NBA em porcentagem de arremessos de campo em 1973-1974, arremessando 54,7%. Naquele ano, ele aproveitou sua primeira de cinco seleções All-Star.

Estatísticas na NBAEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira
Campeão da temporada da NBA
Líder da liga
MVP da temporada regular

Temporada RegularEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
1972–73 Buffalo 80 32.0 .452 .774 9.1 1.7 18.0
1973–74 Buffalo 74 43.0 .547 .793 15.1 2.3 1.2 3.3 30.6
1974–75 Buffalo 82 43.2 .512 .805 14.1 2.2 1.1 2.1 34.5
1975–76 Buffalo 78 42.7 .487 .762 12.4 4.0 1.2 2.1 31.1
1976–77 Buffalo 20 38.4 .455 .696 13.2 3.3 0.8 1.7 23.7
1976–77 New York 52 39.1 .534 .757 12.7 2.7 1.2 1.3 26.7
1977–78 New York 79 40.3 .520 .727 12.8 3.8 1.3 1.6 26.5
1978–79 New York 40 39.9 .541 .651 9.5 3.2 1.6 1.2 26.9
1978–79 Boston 20 31.9 .500 .670 7.1 2.0 0.6 1.0 20.6
1979–80 Detroit 58 36.2 .480 .125 .730 8.1 3.4 1.3 1.1 21.1
1980–81 Detroit 6 28.0 .366 .600 6.8 3.3 1.3 1.2 12.0
1980–81 New Jersey 10 15.3 .507 .000 .810 2.6 1.0 0.9 0.6 9.3
1981–82 LA Lakers 41 0 18.2 .458 .000 .714 3.9 0.8 0.5 0.9 9.6
1982–83 LA Lakers 47 1 21.7 .520 .000 .730 5.3 0.8 0.9 0.9 15.0
1983–84 LA Lakers 70 0 20.8 .471 .000 .803 4.1 1.1 0.6 0.7 13.1
1984–85 LA Lakers 66 0 19.0 .520 .000 .753 4.5 1.0 0.3 0.8 10.5
1985–86 Philadelphia 29 0 21.0 .462 .765 3.6 1.2 0.3 0.6 10.1
Carreira 852 1 33.2 .503 .081 .754 9.4 2.3 1.0 1.5 22.1
All-Star 5 3 25.2 .578 .737 6.0 1.2 0.8 0.4 17.6

PlayoffsEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
1974 Buffalo 6 45.2 .478 .809 13.7 1.5 1.0 2.2 31.7
1975 Buffalo 7 46.7 .481 .740 13.4 1.4 0.9 2.7 37.4
1976 Buffalo 9 45.1 .451 .707 14.2 3.2 0.8 2.0 28.0
1978 New York 6 39.7 .484 .600 9.7 3.8 1.2 2.0 23.8
1982 LA Lakers 14 27.7 .564 .681 6.8 1.6 0.7 1.5 16.7
1983 LA Lakers 8 20.8 .440 .333 .786 5.8 0.6 1.4 1.3 10.9
1984 LA Lakers 20 22.4 .516 .000 .704 5.4 0.6 0.6 1.4 14.0
1985 LA Lakers 19 0 20.9 .472 .000 .745 4.5 0.8 0.5 1.4 11.4
1986 Philadelphia 5 0 14.6 .556 .875 2.8 0.4 0.8 1.0 10.8
Carreira 94 0 28.9 .491 .250 .724 7.6 1.4 0.8 1.6 18.3

Prêmios e HomenagensEditar

Como Jogador
Como assistente-técnico
Basquete FIBA

Referências

  1. «Perfil no Basketball-Reference». Consultado em 22 de novembro de 2016 
  2. «Naismith Memorial Basketball Hall of Fame inductees | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 16 de março de 2021 
  3. «Bob McAdoo, the NBA and European champ». Welcome to EUROLEAGUE BASKETBALL (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  4. «Directory: Bob McAdoo». Miami Heat (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  5. a b c «NBA.com: Bob McAdoo Bio». nba.com 
  6. a b c d Kirkpatrick, Curry. «SHOOT IF YOU MUST...I MUST, SAYS McADOO». Vault 
  7. «Basketball record book 2011-12» (PDF). NJCAA. 2012. p. 61. Consultado em 16 de março de 2021 
  8. Consulting, Fine Line Websites & IT; Review, The Draft. «Bob McAdoo». The Draft Review 
  9. a b «Legends profile: Bob McAdoo». NBA.com 
  10. «SIXTH PAN AMERICAN GAMES -- 1971». www.usab.com 
  11. Woodward, Kath; Woodward, Sophie (2009). «I Said, She Said, We Said». London: Palgrave Macmillan UK: 35–57. ISBN 978-1-349-30346-5. Consultado em 16 de março de 2021 
  12. Times, Special to The New York (30 de março de 1991). «College Basketball; Smith Stands By Junior-College Transfer Ban» – via NYTimes.com 
  13. «1971-72 UNC Tar Heels Roster and Stats». College Basketball at Sports-Reference.com 
  14. «Bob McAdoo College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com 
  15. jeff.mills@news-record.com, Jeff Mills/News & Record. «Bob McAdoo's trip to Dean Smith's funeral about loyalty, respect». Greensboro News and Record 
  16. Bailey, Budd (26 de fevereiro de 2009). «Buffalo Braves History: 1972-73 Season». Buffalo Braves History. Consultado em 16 de março de 2021 
  17. «Squires Said to Make McAdoo Top 'Secret' A.B.A. Draft Pick (Published 1972)». The New York Times (em inglês). 3 de março de 1972. ISSN 0362-4331. Consultado em 16 de março de 2021 
  18. Northrop, Milt. «McAdoo and Jo Jo meet again». The Buffalo News (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  19. writer, IRA WINDERMAN, Staff. «LARUE WHO?: NBA'S NO. 1 BLUNDER». Sun-Sentinel.com 
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Bob McAdoo