Abrir menu principal

Operação Descontaminação é um desmembramento das operações Radiotividade, Pripyat e Irmandade, no âmbito da Operação Lava Jato, deflagrada no dia 21 de março de 2019, pela Polícia Federal do Brasil, que investiga crimes de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro.[1] Tem como foco investigar desvios na ordem de 1,8 bilhão de reais nas obras da Usina Nuclear Angra 3.[2]

ContextoEditar

O desmembramento decorre de investigação que começou perante a Procuradoria-Geral da República, durante o período em que Michel Temer ainda era presidente. Após terminar o mandato e perder o foro privilegiado, os autos foram enviados para a força-tarefa da Lava Jato, que fica no Rio de Janeiro.[3]

MandadosEditar

Foram expedidos oito mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária e 24 de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Distrito Federal.[4]

PrisõesEditar

A operação resultou na prisão de várias pessoas, como o ex-presidente Michel Temer e do ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. Outro preso, que dias depois foi solto, foi Carlos Jorge Zimmermann. A desembargadora que o soltou entendeu que o acusado estava com prisão temporária pelo prazo de cinco dias, o que considerou não justificável.[5] [6]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Operação Descontaminação investiga crimes de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro». CBN. 21 de março de 2019. Consultado em 16 de maio de 2019 
  2. Brasil, Agência (14 de maio de 2019). «STF julga hoje habeas corpus de Michel Temer». Portal Holanda. Consultado em 16 de maio de 2019 
  3. «MPF: Lava Jato do Rio denuncia Michel Temer, Moreira Franco e outros investigados de desvio na Eletronuclear». MPF. 29 de março de 2019. Consultado em 16 de maio de 2019 
  4. Boa Ventura, Danilo (março de 2019). «Michel Temer é preso em nova fase da Operação Lava Jato». portal6.com. Consultado em 16 de maio de 2019 
  5. «Presos desta quinta feira na Operação Lava Jato: quem é quem». G1. 21 de março de 2019. Consultado em 16 de maio de 2019 
  6. «Mais um preso na Operação Descontaminação é liberado pela Justiça». Agência Brasil