Abrir menu principal

Ordem da Estrela de Anjouan

Ordem da Estrela de Anjouan

A Ordem da Estrela de Anjouan[1] (em francês: Ordre de l'Étoile d'Anjouan) foi uma Ordem de Cavalaria colonial criada em 1874, pelo sultão Mohamed-Saïd-Omar de Anjouan das Ilhas Comores, reorganizada a 18 de Junho de 1892, e reconhecida e autorizada pelo governo francês a 12 de Setembro de 1896. Foi reconhecida como uma Ordem francesa colonial em 1950. Neste caso, a França adoptou uma Ordem local, embora a tenham reorganizado e redesenhado. Desde Dezembro de 1963 que não é entregue.

A Ordem tinha cinco classes:

  • Grã-Cruz (Grand-croix)
  • Grande-Oficial (Grand-officier)
  • Comendador (Commandeur)
  • Oficial (Officier)
  • Cavaleiro (Chevalier)

Portugueses condecoradosEditar

Entre os portugueses condecorados podemos encontrar:[2]

Nome Grau Data
João Carlos Pegado de Barahona e Costa Oficial 1929-08-06
António Libânio Fernando Gomes Oficial 1929-10-09
Manuel Dias Leite Machado Comendador 1929-12-17
José Ricardo Pereira Cabral Grande-Oficial 1930-09-05
Manuel de Abreu Ferreira de Carvalho Oficial 1932-07-27
José Dionísio Carneiro de Sousa e Faro Grande-Oficial 1933-01-09
Luís Constantino Lima Oficial 1933-02-08
Augusto de Azevedo e Lemos Esmeraldo Carvalhais Grande-Oficial 1935-04-01
Fernando Pimentel da Mota Marques Grande-Oficial 1935-04-29
José Maria da Silva Cardoso Comendador 1935-05-22
Paulo de Brito Aranha Oficial 1937-07-19
João José Soares Zilhão Comendador 1937-10-21
Eugénio Ferreira de Almeida Oficial 1948-11-10

Referências

  1. «Ordem da Estrela de Anjouan - Les décorations Francaises por Marc Champenois». Consultado em 21 de abril de 2011. Arquivado do original em 28 de fevereiro de 2009 
  2. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Estrangeiras». Resultado das buscas dos nomes indicados depois de seleccionado "País"="França" e "Ordem"="Estrela de Anjouan". Sítio oficial da Presidência da República Portuguesa. Consultado em 29 de maio de 2014