Abrir menu principal
Ordem de Júkov
Classificação
País  Rússia

A Ordem de Júkov (em russo: Орден Жукова , translit. Orden Jukova) é uma condecoração militar da Federação Russa. A ordem é nomeada em honra do Marechal da União Soviética Gueorgui Júkov, o militar mais condecorado da história da União Soviética.

Índice

HistóriaEditar

A Ordem de Júkov foi estabelecida pelo decreto presidencial nº 930, de 9 de maio de 1994,[1] e seu estatuto foi alterado pelo decreto presidencial nº 243, de 6 de março de 1995.[2]

Descrição da insígnia originalEditar

A insígnia original era uma cruz pátea dourada de 50 mm de largura, com os quatro braços esmaltados em vermelho e com uma aba dourada com linhas em alto e baixo-relevo, dando a aparência de quatro escudos vermelhos. No centro, um medalhão de prata banhado a ouro de 24 mm de diâmetro, esmaltado azul e com o busto em relevo de Gueorgui Júkov, e, abaixo dele, ramos de louro e de carvalho. Acima do busto, a inscrição dourada "ГЕОРГИЙ ЖУКОВ" (GUEORGUI JÚKOV). Entre os braços da cruz, raios dourados em relevo em sentido do centro para fora, formando um quadrado de 45 mm com cantos arredondados. O reverso da insígnia tinha um parafuso com uma porca, para prendê-la à roupa. A Ordem de Júkov era usada no lado direito do peito, com outras ordens similares.[3]

Novo estatutoEditar

 
Cores da Ordem de Júkov na bandeira da 39ª Brigada Ferroviária Separada do Distrito Militar do Sul.

Todo o sistema de condecorações da Federação Russa foi reformulado pelo decreto presidencial nº 1099, de 7 de setembro de 2010.[4] Esse decreto incluiu um redesenho da insígnia e emendas ao seu estatuto.

Desde então a Ordem de Júkov é concedida a comandantes de unidades militares e seus representantes dentre os oficiais superiores, por organização hábil de tropas (forças) e operações em áreas estratégicas (teatros); por organizar operações militares durante as quais, apesar da superioridade numérica do inimigo, os objetivos da operação foram cumpridos; por manobras hábeis em terra e no ar para cercar o inimigo, possibilitando a derrota de forças superiores; pela iniciativa e determinação na escolha de um local e momento de um ataque importante que levou à derrota do inimigo em terra e/ou no ar, enquanto mantendo a prontidão para o combate e a capacidade de prosseguir com os objetivos; por realizar uma fuga defensiva de um cerco inimigo para participar de uma ação ofensiva futura; pela organização, perseguição, escolha do ambiente de combate e derrota do inimigo; por tenacidade em repelir os ataques inimigos do ar, da terra e do mar; por manter as tropas inimigas fixas em áreas designadas ,a fim de criar condições favoráveis para tomada de iniciativa e privação da habilidade do inimigo de continuar operações ofensivas; pela organização e gestão hábil de unidades das Forças Armadas da Federação Russa estacionadas fora da Federação Russa; por repelir um ataque armado contra elas, bem como a proteção dos cidadãos da Federação Russa contra ataques fora da Federação Russa.[4]

A Ordem de Júkov pode ser concedida a unidades militares e formações envolvidas na condução de operações em terra e no ar, durante as quais, apesar da obstinada resistência do inimigo, os objetivos das operações foram atendidos com plena capacidade operacional das unidades militares restantes. Também pode ser concedido a cidadãos estrangeiros - soldados das forças aliadas, dentre os oficiais superiores que participaram ao lado de soldados da Federação Russa, por organizarem e conduzirem com sucesso operações conjuntas de tropas aliadas (forças). A Ordem pode ser concedida postumamente.[4]

Descrição da insígnia atualEditar

 
Insígnia da Ordem de Júkov, com sua fita moiré.

A insígnia Ordem de Júkov tem a forma de uma cruz pátea dourada de 40 mm de largura, cujos quatro braços são esmaltados em vermelho e possuem uma borda dourada cercada por linhas em alto e baixo-relevo, aparentando quatro escudos vermelhos. No centro ele possui um medalhão de prata banhada a ouro, esmaltado azul, com um busto em relevo de Júkov, ligeiramente voltado para a direita, e abaixo dele remos de louro e de carvalho. Acima do busto de Zhukov, há uma inscrição dourada "ГЕОРГИЙ ЖУКОВ" (GUEORGUI JÚKOV). Entre os braços da cruz, raios dourados em relevo em sentido do centro para fora, formando um quadrado de 35 mm com cantos arredondados. O reverso da insígnia apresenta uma letra "N" seguida do número de série da insígnia.[5]

A insígnia é suspensa por uma armação pentagonal russa padrão, coberta por uma fita moiré de seda de 24 mm de largura, amarela e com três listras de 4 mm de largura centrais de branco, azul e vermelho.[5]

A ordem de precedência da Federação Russa determina que a Ordem de Júkov deve ser usada no lado esquerdo do peito, e, na presença de outras ordens da Federação Russa, deve ser portada imediatamente após a Ordem de Ushakov.[6]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «Decree of the President of the Russian Federation of May 9, 1994 No 930» (em Russian). Consultado em 26 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 11 de março de 2012 
  2. «Decree of the President of the Russian Federation of March 6, 1995 No 243» (em Russian). Consultado em 26 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 11 de março de 2012 
  3. «1995 Statute of the Order of Zhukov» (em Russian). Consultado em 26 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 2 de março de 2006 
  4. a b c «Decree of the President of the Russian Federation of September 7, 2010 No 1099» (em Russian) 
  5. a b «2010 Statute of the Order of Zhukov» (em Russian) 
  6. «Decree of the President of the Russian Federation of December 16, 2011 No 1631» (em Russian). Consultado em 26 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 31 de março de 2013