Abrir menu principal

Orfanotrófio[1] (em grego: Ορφανοτροφείων; transl.: Orphanotropheíon; em latim: Orphanotrophium) foi uma das primeiras grandes escolas de música do Ocidente de que se tem notícia, fundada em Constantinopla possivelmente pelo imperador Constantino (r. 306–337) no século V. Como o nome sugere, era um orfanato, onde meninos recebiam uma educação esmerada no canto coral. Suas interpretações, sempre de música sacra, atraíam multidões e a instituição se tornou poderosa e influente por muitos séculos, produzindo uma série de cantores e compositores importantes.[2]

Referências

  1. «Orfanotrófio». Michaelis. Consultado em 10 de outubro de 2014 
  2. Taft 2006, p. 50.

BibliografiaEditar

  • Taft, R. F. (2006). «Eastern Saints' Lives and Liturgy». In: Skira, Jaroslav Z. & Attridge, Michael S. In God's hands: essays on the Church and ecumenism in honour of Michael A. Fahey, S.J. [S.l.]: Peeters Publishers 
  Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.