Organização dos Arquitectos Modernos

A Organização dos Arquitectos Modernos (ODAM) foi uma organização criada por um grupo de arquitetos do Porto, que existiu de 1947 a 1952.

A ODAM tinha como objectivo defender e divulgar os pontos de vista profissionais da arquitectura moderna.

Esta organização foi responsável pela elaboração de uma exposição à Camara Municipal do Porto (1949) e por uma Exposição de Arquitectura realizada no Ateneu Comercial do Porto (1951).

Os arquitetos Delfim Fernandes Amorim, Viana de Lima, António Lobão Vital, António Matos Veloso, Arménio Taveira Losa, Luís José Oliveira Martins e Mário Bonito, membros da ODAM, apresentaram as suas teses no I Congresso Nacional de Arquitectura, realizado em Lisboa em maio-junho de 1948.

A ODAM mantinha contato com o coletivo Iniciativas Culturais Arte e Técnica (ICAT), grupo de arquitetos de Lisboa com objetivos semelhantes, que editou a revista Arquitectura e organizou as Exposições Gerais de Artes Plásticas (EGAP) em que vários arquitetos expuseram projetos de arquitetura a par das obras de artes plásticas. No seio da ICAT tiveram origem grande parte das teses apresentadas ao I Congresso Nacional de Arquitectura.

IntegrantesEditar

BibliografiaEditar

Ligações ExternasEditar

Conferência Ordem dos Arquitectos.