Orquestra Sinfónica de Gotemburgo

A Orquestra Sinfónica de Gotemburgo, em sueco Göteborgs Symfoniker, é uma famosa orquestra sinfónica sediada em Gotemburgo, uma cidade da costa da Suécia, perto da fronteira com a Noruega.[1]

Sala de Concertos de Gotemburgo, onde a Orquestra Sinfónica de Gotemburgo dá a maior parte dos seus concertos.

História da orquestraEditar

Foi fundada em 1905 na cidade de Gotemburgo, a segunda cidade mais populosa da Suécia. Em 1935 foi construída a Sala de Concertos de Gotemburgo, de maneira a dar à orquestra qualidade acústica superior.

Em 1997 recebeu do governo sueco o título de «Orquestra Nacional da Suécia». Por esta época a companhia empreende-se em largas viagens pelas salas de espectáculos suecas e internacionais, levando a ecléctica música clássica sueca de visita a grandes cidades mundiais, como Londres, Viena, Boston e Xangai. Este atarefado percurso pelo mundo sucede-se desde há muitos anos.

Com estas viagens pelo mundo fora, transportando na bagagem não só a música clássica sueca, como também a reputação da Suécia no cenário da música erudita, levaram ao reconhecimento do público e da valorosa crítica.

Repertório da orquestraEditar

O repertório da GSO é vasto mas foca especialmente as obras-primas dos compositores pós-românticos nórdicos, como Jean Sibelius e Edvard Grieg.

Principais condutores da orquestraEditar

Referências

  1. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Göteborgs symfoniker». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 355. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 

Ver tambémEditar