Abrir menu principal

Orquestra Sinfônica de Ottawa

A Orquestra Sinfônica de Ottawa ou Orquestra Sinfónica de Ottawa é uma orquestra profissional[1] localizada em Ottawa, capital do Canadá. Com cerca de 100 músicos permanentes[2], ela é a maior orquestra de Ottawa, apresentando um largo repertório sinfônico dos século XIX e XX, incluindo trabalhos de compositores canadenses.

HistóriaEditar

Em 1944, músicos de Ottawa formaram uma orquestra com Allard de Ridder como maestro. O grupo de 75 músicos foi oficialmente chamado de Orquestra Sinfônica de Ottawa até 1952, mas foi conhecida como Orquestra Filarmônica de Ottawa. A Orquestra Filarmônica de Ottawa foi suspensa em 1960, pois não tinha fundos suficientes para os salário dos músicos. Quando o Centro Nacional de Artes anunciou a formação da Orquestra do Centro Nacional de Artes, uma residente, o grupo da Filarmônica de Ottawa foi dissolvido.

Em 1965, a grande Sinfônica Cívica de Ottawa, uma orquestra amadora, foi formada pelos membros da extinta Filarmônica de Ottawa, sob a batuta de Maurice Haycock. Essa orquestra foi renomeada para Orquestra Sinfônica de Ottawa em 1976. Os concertos anuais foram os primeiros a serem apresentados em uma escola de ensino médio, em Ottawa. No começo da década de 1970, a orquestra começou a apresentar-se no Centro Nacional de Artes.

Maestros que passaram pela orquestra incluem Thomas Mayer (fim da década de 1950, Clifford Hunt (1965-1966), Nicholas Goldschmidt (1966-1967), James Coler (1969-1975) e Brian Law (1975-1991).

A orquestra apresentou premières mundial de peças de compositores canadenses, como Jan Jarvlepp, Jean Coulthard, Robert Fleming, Andrew Huggett e Colin Mack.

Diretor MusicalEditar

Em Maio de 1992, David Currie foi nomeado diretor musical da orquestra. Como diretor musical, suas responsabilidades incluiam ensaios, conduzir a orquestra nos concertos e planejar programas. Currie formou-se na Universidade de Michigan e na Academia de Artes Interlochen. Antes de juntar-se a orquestra, ele foi baixista na Orquestra do Centro Nacional de Artes de 1971 até 1991.

Currie estudou direção de orquestra em Siena, Itália e na Escola de Música Toho Gakuen, em Toquio, uma das mais prestigiadas instituições privadas de música, onde ele estudou com Morihiro Okabe e o maestro Kazuyoshi Akiyama. Desde 1982 ele serve como maestro na Orquestra da Universidade de Ottawa.

Ver tambémEditar

Referências

  1. http://www.uottawa.ca/vr-etudes-academic/en/ee_39.html Information about the OSO and its connection to University of Ottawa, from the university
  2. http://www.canada.com/ottawacitizen/news/arts/story.html?id=2f5d4e59-2e4b-4a80-b766-f902d3e2c0c3&k=22955 Arquivado em 6 de novembro de 2012, no Wayback Machine. Ottawa Citizen story about a performance of the OSO