Abrir menu principal

Oscar de melhor qualidade artística de produção

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O prêmio de Melhor Qualidade Artística de Produção foi concedido apenas na primeira (1927-1928) cerimônia.[1]

O laureado foi Sunrise: A Song of Two Humans, primeira obra norteamericana de F. W. Murnau, uma espécie de consolação pela fita ter perdido a disputa pelo Oscar de melhor filme para Wings, de William A. Wellman.

Ano Vencedor Estúdio Outros Indicados
1927-1928 Sunrise: A Song of Two Humans Twentieth Century Fox Chang: A Drama of the Wilderness (Famous Players/Paramount)
The Crowd (MGM)

Referências

BibliografiaEditar

  • ALBAGLI, Fernando, Tudo Sobre o Oscar, Rio de Janeiro: EBAL - Editora Brasil-América, 1988
  • FILHO, Rubens Ewald, O Oscar e Eu, São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2003