Otão da Caríntia

Otão da Caríntia (950 - 1005) foi Conde de Nahegau de Speyergau de Wormsgau, de Elsenzgau de Kraichgau, de Enggau, de Pfinzgau Ufgau e duque da Caríntia.

Otão da Caríntia
Conde de Nahegau de Speyergau de Wormsgau, de Elsenzgau de Kraichgau, de Enggau, de Pfinzgau Ufgau e duque da Caríntia
Otão da Caríntia, Chronica Sancti Pantaleonis, Colônia, cerca de 1237
Nome completo Otão da Caríntia
Nascimento 950
Morte 1005 (55 anos)
Pai Conrado da Lorena
Mãe Luitgarda do Saxe

Otão perdeu a mãe quando tinha cinco anos e o seu pai quando tinha sete anos.

Relações familiaresEditar

Foi filho de Conrado da Lorena (922 ou 930 - 10 de agosto de 955) "o Ruivo" ou "o vermelho", duque da Francónia e da Lorena e de Luitgarda do Saxe, filha de Otão I o Grande (Wallhausen, 23 de novembro de 912Memleben, 7 de maio de 973), imperador da Alemanha. Ele é o avô de Conrado II, Sacro Imperador Romano-Germânico "o sálica".

Casou-se com Judite da Baviera, filha de Henrique da Baviera, por sua vez filho de Arnulfo, Duque da Baviera.[1]

  1. Henrique de Speyer[2] (971 - c. 995) foi Conde de Speyer, Casou-se cerca de 988 com Adelaide de Metz, filha do Conde Richard Metz (? - 972) e de Eadiva,
  2. Bruno da Caríntia mais tarde Papa Gregório V[3] (973 -999), chamado cardeal por João XV. Foi eleito papa em 3 de maio de 996, cargo que exerceu até 18 de fevereiro de 999.
  3. Conrado da Caríntia (975 - 15 de dezembro de 1011), duque da Caríntia, casado com Matilde.
  4. Guilherme da Francónia (980 - 1047), bispo de Estrasburgo.


Referências

  1. Franz Krones: Otto (Herzog von Kärnten). In: Allgemeine Deutsche Biographie (ADB). Band 24, Duncker & Humblot, Leipzig 1887, S. 701 f.
  2. Sa généalogie sur le site Medieval Lands
  3. Richard P. McBrien, Lives of the Popes: The Pontiffs from St. Peter to Benedict XVI, (HarperCollins Publishers, 2000), 138.