Paduraksa

Paduraksa, também conhecido como kori, é um tipo de portal coberto com um teto imponente que pode ser encontrado na ilha de Java e Bali, na Indonésia. Esta característica arquitetônica é comum em edifícios do período clássico hindu-budista da Indonésia. O paduraksa marca o limiar para o espaço mais sagrado (o santuário interno) dentro de um complexo religioso, um cemitério ou um palácio.[1] Na arquitetura balinesa, uma paduraksa imponente e elaboradamente decorada é frequentemente tida como a estrutura mais importante do templo.

Bajang Ratu, um paduraksa do século XIV em Trowulan

FormaEditar

Um paduraksa é basicamente um portal na forma de um candi. A estrutura consiste em três partes: a base, onde está localizado um lance de degraus; o corpo onde a abertura de entrada está localizada; e a coroa, com seu perfil escalonado característico de um candi. A abertura de entrada é por vezes equipada com uma porta de madeira finamente esculpida.[2]

Um dos portões sobreviventes mais antigos de paduraksa é o Bajang Ratu em Trowulan, um portão de paduraksa Majapait de tijolo vermelho que data de meados do século XIV. O portão de Bajang Ratu é adornado com baixos-relevos que retratam a história de Sri Tanjung e do Ramáiana.[3]

O kori principal que marca o limiar para o santuário interno do santuário principal é conhecido como o kori agung ("grande kori"). Um paduraksa no complexo de cemitérios islâmicos de Sendang Duwur contém uma construção misteriosa semelhante a uma asa, que se pensa representar as asas de meru; podendo estar associado ao pássaro celeste garuda.[4]

OrigemEditar

O paduraksa é uma adaptação indonésia do gopuram indiano clássico. A forma inicial de um portal coberto pode ser encontrada em um par de complexos de templos dos séculos VIII e IX em Java Central: Prambanan, Plaosan e Ratu Boko. Posteriormente, esses portais assumiram uma forma mais delgada. Relevos mostrando um candi bentar e paduraksa foram descobertos em Candi Jago, um templo do século XIII em Java Oriental.[2]

Referências

  1. Wardani, Sitindjak & Mayang Sari 2015 , p. 2.
  2. a b Davison 2003, p. 36.
  3. "Candi Bajangratu". Perpustakaan Nasional.
  4. Uka Tjandrasasmita 2009, pp. 243.

BibliografiaEditar

  • Wardani, Laksmi Kusuma; Sitindjak, Ronald Hasudungan Irianto; Mayang Sari, Sriti (2015). "[Estetika Ragam Hias Candi Bentar dan Paduraksa di Jawa Timur]" [Ornament aesthetic of Candi Bentar and Paduraksa in East Java] (em indonésio). Petra Christian University. Acessado em 19 de novembro de 2016.
  • Davison, Julian (2003). Balinese architecture. Singapura: Tuttle Publishing. ISBN 9780794600716.
  • Uka Tjandrasasmita (2009). Arkeologi Islam Nusantara [Nusantara Islamic Archeology]. Jakarta: Kepustakaan Populer Gramedia. ISBN 9789799102126.