Abrir menu principal

Paraibano (Maranhão)

Paraibano
  Município do Brasil  
Visão de Paraibano
Hino
Apelido(s) "Brejo de Paraibano"
"Capital da Abóbora"
"Terra da Vaquejada"
Gentílico paraibanense
Localização
Localização de Paraibano no Maranhão
Localização de Paraibano no Maranhão
Paraibano está localizado em: Brasil
Paraibano
Localização de Paraibano no Brasil
Mapa de Paraibano
Coordenadas 6° 25' 58" S 43° 59' 02" O
País Brasil
Unidade federativa Maranhão
Municípios limítrofes São João dos Patos, Pastos Bons, Colinas, Passagem Franca e Sucupira do Norte
Distância até a capital 502 km
História
Fundação 6 de janeiro de 1953 (66 anos)
Aniversário 6 de janeiro
Administração
Prefeito(a) Jose Helio Pereira de Sousa (2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 530,500 km²
População total (IBGE/2010[2]) 20 104 hab.
Densidade 37,9 hab./km²
Clima clima tropical semi-umido
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[3]) 0,592 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 52 259,030 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 2 606,70

Paraibano é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população estimada é de 30.367 habitantes (2017).

HistóriaEditar

Em 1920, chegava ao local onde hoje se situa a cidade, o paraibano Antônio Brito Lira, acompanhado de seus familiares, em busca de melhores condições de vida, já que a seca assolava seu Estado. Alí, já encontrou o Sr. José Fernandes que residia só e se dizia dono das terras e de quem, mais tarde, Antônio Brito adquiriu a gleba. O novo proprietário, então, deu início à exploração agrícola, alcançando grande sucesso na produção. 

Com a chegada de novos moradores, foi o povoado progredindo e tomando outro aspecto, com a construção de casas de telha, abertura de estabelecimento comerciais e crescimento elevado da produção agrícola, ao ponto de ter que exportar os produtos, até para outros Estados. 

Em 1931, João Brito Lira organizou uma "feira", onde todos pudessem comercializar seus produtos, causando grande repercussão, além dos resultados positivos auferidos pelos produtores. Em 1937, foi construída a capela de São Sebastião, Padroeiro do lugar. Em 1945, os filhos de Antônio Brito Lira, mandaram construir um mercado, para onde foi transferida a "feira". Em 1952, o povoado que já se equiparava à sede, "Pastos Bons", foi elevado à categoria de município pela lei nº 841, de 30 dezembro, com o nome de Paraibano, em homenagem a seu fundador. A área integrante do atual município foi desmembrada de Pastos Bons. 

Formação Administrativa: 

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Paraibano, pela lei estadual nº 841, de 30 de dezembro de 1952, desmembrado de Pastos Bons. Sede no atual distrito de Paraibano ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 1 de janeiro de 1953. 

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. 

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. 

Outras características - 

Em julho, é realizada a Grande Vaquejada de Paraibano, uma das maiores e mais tradicionais do estado do Maranhão, atraindo um grande número de turistas de todo o estado, e também do vizinho estado do Piauí

GeografiaEditar

DemografiaEditar

Histórico populacional
Ano População

2000 17.854
2007 19.453
2010 20.103
2017 21.116

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar