Abrir menu principal

Parque Nacional de Orango

área protegida na Guiné-Bissau
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2018). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
As lagoas do Parque
Localização do Parque,dentro do Arquipelago dos Bijagós

O Parque Nacional de Orango situa-se na Guiné Bissau ,no Arquipélago dos Bijagós. Compreende as ilhas de Orango, Orangozinho, Meneque, Canogo e Imbone e os ilhéus de Adonga, Canuopa e Anhetibe. Tem uma superficie de 158 235 ha.[1].O objetivo da sua criação é o de « Proteger e valorizar os ecossistemas, assegurar a conservação da diversidade biológica e uma utilização sustentável dos recursos naturais em prol da promoção do desenvolvimento social das populações[1]».

Índice

LocalizaçãoEditar

Localizado entre 10˚55´N e 15˚50´ - 16˚22´W[1].

GestãoEditar

Criado em Dezembro de 2000 e gerido pelo Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas (IBAP)[1]

Classificações do ParqueEditar

Reserva da Biosfera - 16 Abril de 1996, UNESCO e Sítio Ramsar - Zona húmida de importância mundial[1].

FloraEditar

O Parque é constituída por mangais (cobre uma área de 16 000 ha)[1], por labirintos de água e savanas[2].Existem palmeiras (Elaeïs guineensis).

FaunaEditar

No Parque existem populações de hipopótamos (Hippopotamus amphibius) ,de crocodilos (Crocodylus e C. Tatraspis tetraspis) , de tartarugas marinhas (Chilonia mydas ,Eretmochelys imbricata, Lepidochelys olivacea, Caretta carettae Dermochelys coriacea) ,de gazela-pintada (Tragelaphus scriptus), macaco-verde (Cercophitecus aethiops). Em termo de vida marinha existem lontras (Aonyx capensis), os manatins (Trichechus senegalensis) e os golfinhos (Sousa teuszii e Tursiops truncatus). Em termos de aves existem as andorinhas-do-mar (Sterna caspia e S. Maxima) ,o papagaio-cinzento (Psittacus erithacus) que é uma espécie rara e ameaçada na região.[1]

População HumanaEditar

Com uma população de 2 268 habitantes [1]repartidos por 33 aldeias ,sendo a maioria de etnia Bijagó.

TurismoEditar

Existem instalações de Ecoturismo[2].

Referências

  1. a b c d e f g «Parque Nacional das Ilhas de Orango (PNO)». IBAP Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas. Consultado em 18 de abril de 2018. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2018 
  2. «Presstur destino Parque Nacional de Orango». Presstur. 10 de março de 2017. Consultado em 18 de maio de 2017