Abrir menu principal

Parque das Termas de Vizela é um espaço de lazer, localizado na Freguesia de S. João, do concelho de Vizela[1], distrito Braga, em Portugal.

Índice

HistóriaEditar

O parque das Termas de Vizela foi criado entre 1884 e 1886 pelo horticultor José Marques Loureiro e pelo jardineiro-paisagista Jerónimo Monteiro da Costa, autor também de históricos jardins no Porto, como por exemplo, o do Carregal.

É importante acrescentar que o nome da cidade (Vizela) deriva do nome do rio que lhe atravessa, Rio Vizela (rio esse que trespassa o Parque das Termas de Vizela). Este rio nasce nas Serras de Fafe e desagua no Rio Ave e tem cerca de 40km de extensão. O nome Vizela, por suavez, é um diminutivo do nome Ave, e vem do latim Avicella. 

DescriçãoEditar

Considerado o “pulmão” de Vizela, o jardim natural de Vizela, convida à prática do desporto ao ar livre, uma vez que possui uma concentração de árvores gigantescas que nenhum outro parque ou jardim Português administra.

Estas árvores foram plantadas por Marques Loureiro e atingiram um desenvolvimento luxuriante, emprestando ao local uma imponência e grandiosidade única. Distinguem-se aqui inúmeras espécies de árvores, algumas delas centenárias.

Oferece ainda, a quem o visita uma unidade hoteleira de 4 estrelas denominado de Hotel Bienestar Termas de Vizela, beneficiando de uma excelente localização.

É um hotel de charme, que alia o conforto à contemporaneidade. Mantendo o traço original, foi completamente restaurado no ano de 2013. Com uma grande aposta na sustentabilidade, todo o edifício é aquecido com energia geotérmica e a iluminação é feita a partir de LEDS.

Este Parque é também conhecido por as suas caldas, isto é, um conjunto de nascentes onde possui águas sulfúricas, sódicas e hipertermais e as suas indicações terapêuticas estão aconselhadas para doenças de vias respiratórias, doenças reumáticas, músculo-esqueléticas e ainda doenças da pele. Os especialistas consideram as águas de Vizela como uma das melhores águas sulfúricas quentes de Portugal. 

AtividadesEditar

No interior do Parque existe um lago, um court de ténis, espaço para a prática de atividades físicas e um local de recreio para os mais pequenos, sendo esta uma oferta suportada também por um distinto e tradicional chalé e um estimulante e moderno campo de Minigolfe.

De construção recente, mais precisamente em 2010, o campo de Minigolfe “Fonseca e Castro”, é um espaço que se encontra no interior do Parque das Termas, sendo também um convite à atividade física e lúdica.

Na Marginal Ribeirinha/ Zona Ribeirinha (com bares de praia fluvial) é possível realizar um circuito pedonal e da ciclovia até ao local onde desagua o Ribeiro de Sá e onde foi construída uma pista de Trial Bike e de BMX Racing. Está também disponível uma vasta zona verde ao longo da extensão da intervenção, para uso lúdico da sociedade civil. Desta fase faz também parte o Bar do Rio e o Balneário Fluvial, duas novas infraestruturas de apoio à zona fluvial.  

LocalizaçãoEditar

Centro da cidade de Vizela, Freguesia de S.João.

Aspectos de interesseEditar

Referências

  1. «UMA POPULAÇÃO QUE SE URBANIZA, Uma avaliação recente - Cidades, 2004». Instituto Geográfico Português. Consultado em 24 de Junho de 2009 

Ligações externasEditar