Passagem por Lisboa

filme de 1994 dirigido por Eduardo Geada

Passagem por Lisboa é um filme português realizado em 1994 por Eduardo Geada.

Passagem por Lisboa
Passagem por Lisboa (PRT)
PortugalPortugal
1994 •  cor •  
Direção Eduardo Geada
Elenco Anthony Story, Margarida Reis, Jennifer L. Hamilton,
Género drama
Idioma português

Ao fim de quase dez anos de ausência da longa metragem, Eduardo Geada, surgiu em 1994 com "Passagem por Lisboa". Trata-se de uma envolvente e intrigante evocação de Lisboa no início dos anos 40 que, em plena 2ª Guerra Mundial e devido à neutralidade de Portugal, se transformou num centro cosmopolita de espionagem, onde se cruzavam grandes personalidades e refugiados em trânsito, bem como espiões e assassinos de todos os tipos. Geada mistura, habilmente, ficção e realidade num delicioso e pituresco filme de espionagem, marcado por uma certa carga nostálgica e uma forte evocação da memória do cinema. Uma colorida reconstituição de um tempo de grandes incertezas e opções irreversíveis que se perdiam e ganhavam numa cidade tentacular, romântica e perigosa, ironicamente transformada numa porta de esperança e liberdade da Europa devastada pela intolerância, pela perseguição e pela opressão.


SinopseEditar

Numa noite de Junho de 1940, na zona portuária de Lisboa, um francês é abatido a tiro e lançado ao Tejo. No dia seguinte na Embaixada Britânica, Ralph, Connie e Jorge, que trabalham na escuta de mensagens alemãs, ficam a saber que a famosa actriz Pola Negri chega a Lisboa nesse dia. Enquanto Jorge vigia no hotel Avenida Palace a velha vedeta do cinema, em Cascais na vivenda Espírito Santo, o inspector Antunes observa o banqueiro em animada conversa com dois ilustres convidados: Primo de Rivera e o duque de Windsor. Jorge conduz, mais tarde, um diplomata inglês a casa de Espírito Santo e, apesar do seu ar desinteressado, estava bem consciente da perigosa história de espionagem em que acabava de se envolver.

Ficha TécnicaEditar

Argumento – Eduardo Geada

Dialogos - Eduardo Geada, Norberto Barroca, David Prescott

Realizador – Eduardo Geada

Fotografia - Mário de Carvalho

Cenografia - António Casimiro

Musica - Mário Laginha

Montagem - Manuel Mouzos

Som - Gita Cerveira

Produtor - António da Cunha Telles

Director de Produção - António Gonçalo

Produção – Animatógrafo

Género – ficção

Formato – 35 mm cor

Duração – 105’

Estreia – Setembro de 1994

ElencoEditar

Actores principais

Anthony Story;

Margarida Reis;

Jennifer Hamilton;

Tom Hardy;

George Ritchie;

Jessica Weiss;

Benjamim Falcão;

Armando Cortez;

Manuela Maria;

Ana Catalão;

Paulo Filipe;

Guilherme Filipe;

Luís Anjos;

Augusto Portela


  Este artigo sobre um filme é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ligações externasEditar