Paul Söding

professor académico alemão

Paul Söding (Dresden, 20 de fevereiro de 1933) é um físico alemão. É conhecido principalmente por seu trabalho na área de física de partículas experimental.

Paul Söding
Nascimento 20 de fevereiro de 1933 (88 anos)
Dresden
Nacionalidade Alemanha Alemão
Alma mater Universidade de Hamburgo
Prêmios Prêmio Física de Alta Energia e Partículas (1995)
Campo(s) Física de partículas

Vida e obraEditar

Paul Söding estudou física na Universidade de Hamburgo e na Universidade de Munique. Em Hamburgo foi um dos primeiros diplomados de Willibald Jentschke. Em 1964 obteve um doutorado na Universidade de Hamburgo com a tese Elastische Streuung und Einfach-Pion-Erzeugung durch pp-Wechselwirkung bei 3.6 GeV/c.. Em seguida foi pesquisador na Universidade da Califórnia em Berkeley, na Universidade Cornell e no CERN.

Em 1969 foi pesquisador líder no Síncrotron Alemão de Elétrons (DESY) em Hamburgo. Lá conseguiu em 1979 com seus colegas, trabalhando com o acelerador de partículas PETRA, provar pela primeira vez a existência de glúons.[1]

CondecoraçõesEditar

ObrasEditar

  • Elastische Streuung und Einfach-Pion-Erzeugung durch pp-Wechselwirkung bei 3.6 GeV/c. Dissertation. Universität Hamburg 1964.
  • com Erich Lohrmann: Von schnellen Teilchen und hellem Licht. 50 Jahre Deutsches Elektronen-Synchrotron DESY. Wiley-VCH, Weinheim 2009, ISBN 978-3-527-40990-7.
  • com Günter Wolf: Experimental evidence on QCD. In: Annual Review Nucl. Part. Sci. Volume 31, 1981, p. 231–293.

Referências

Ligações externasEditar