Abrir menu principal

Paulo Queiroz Marques

Paulo Queiroz Marques
Farmacêutico brasileiro, fundador da ANFARMAG — Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais. Fundador do Museu da Farmácia, da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Incansável militante na luta para a preservação da memória da farmácia brasileira.

Paulo Queiroz Marques, o mais velho farmacêutico ainda em atividade no Brasil. Proprietário da Drogamérica Farmácia de Manipulação, no bairro de Higienópolis, São Paulo — SP.
Nascimento 04 de fevereiro de 1921 (98 anos)
Itaberá, São Paulo, Brasil
Morte 02 de Junho de 2016, São Paulo, SP, Brasil
Nacionalidade  Brasileira
Ocupação Farmacêutico
Carreira musical
Período musical 1927 - até hoje

Paulo Queiroz Marques (Itaberá, SP - Brasil, 04 de fevereiro de 1921 - São Paulo, 02 de Junho de 2016) era o farmacêutico mais velho do Brasil, ainda em atividade. Fundou, em 1963, a Drogamérica Pharmacia de Manipulação, em São Paulo, no bairro de Higienópolis, na Rua Itacolomi, onde funciona até hoje, com elegantíssimo mobiliário e decoração retrô, da época de sua fundação.[1][2][3]

Recentemente, a ANFARMAG — Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais —, criou o Prêmio Paulo Queiroz Marques destinado a premiar parlamentares, autoridades, personalidades e profissionais do segmento que dedicam-se a ações que promovem a defesa, o desenvolvimento e fortalecimento da farmácia magistral no Brasil. O nome do prêmio é uma justa homenagem a Paulo Queiroz Marques, fundador e primeiro presidente da entidade, criada em 18/04/1986.[4][5]

Paulo Queiroz Marques foi um incansável defensor da farmácia magistral, havendo devotado sua vida à preservação da memória da farmácia brasileira.[6]

Recebeu uma homenagem no livro "A Saga de um Município - de Nossa Senhora da Conceição das Lavrinhas à Itaberá", publicado em 2015 pelos autores Marcelo Lisboa e Maria da Glória Gonçalves Silva.

Após uma longa vida de muito trabalho, conquistas e realizações nos deixou em 02 de Junho de 2016.

Descanse em paz. " SÓ O AMOR CONSTRÓI ". Obrigado por tudo.

Ligações externasEditar

Referências