Abrir menu principal
Pavla Lidmilová
Nascimento 2 de fevereiro de 1932
Zlín
Morte 25 de janeiro de 2019 (86 anos)
Cidadania República Tcheca
Alma mater Universidade Carolina
Ocupação escritora, tradutora

Pavla Lidmilová (Zlín, 2 de fevereiro de 193225 de janeiro de 2019) foi uma crítica literária e tradutora tcheca.[1][2]

Formou-se em filologia tcheca e espanhola na Faculdade de Letras da Universidade Carolina em Praga. Em 1959 começou a trabalhar na Radiodifusão Tchecoslovaca, entrando em contato com o português. Entre 1969 e 1992 trabalhou no Gabinete da Filologia Moderna e no Instituto de Literatura Tcheca e Universal, da Academia de Ciências Tchecoslovaca, onde se dedicou ao estudo das literaturas de língua portuguesa. Recebeu distinção pelo seu trabalho em diversas ocasiões: em 2005 fez jus ao Prêmio Estatal de Tradução Literária, por uma antologia de poemas de Eugénio de Andrade. Em Portugal, recebeu a Ordem do Infante D. Henrique, grau de comendador, e no Brasil, a Ordem de Rio Branco, grau de cavaleiro.[3]

Desde o início da sua atividade como tradutora e intérprete das literaturas lusófonas, Pavla Lidmilová, com rara sensibilidade, introduziu ao público tcheco importantes obras, muitas vezes em antecipação a outros países. Publicou, já em 1968, com Josef Hiršal antologia de poesia de Fernando Pessoa, assim como iniciou a tradução de contos de Murilo Rubião, ainda antes do seu amplo reconhecimento no Brasil.

Além desses autores, Pavla Lidmilová traduziu obras de João Guimarães Rosa, Clarice Lispector, José Cardoso Pires, Luís de Camões, Érico Veríssimo, José Luandino Vieira, Graciliano Ramos, Lygia Fagundes Telles, Mário de Sá-Carneiro, Darcy Ribeiro, Nuno Júdice, Rubem Fonseca, Eduardo Lourenço, Moacyr Scliar, Eugénio de Andrade, Sérgio SantʼAnna e João Antônio. Graduada em Letras Tcheco-Espanhol pela Universidade Carolina, tornou-se reconhecida por traduzir obras luso-brasileiras para a língua tcheca, principalmente livros de Lygia Fagundes Telles, Guimarães Rosa, Murilo Rubião e Paulo Coelho.[4] [5]Faleceu em janeiro de 2019.[6]

Referências

  1. Radio Praha. «TRADUCTORA PAVLA LIDMILOVÁ GALARDONADA POR SU OBRA DE TODA LA VIDA» (em espanhol). 27 de outubro de 2005. Consultado em 28 de janeiro de 2019 
  2. Público. «Tradutora checa de literatura portuguesa Pavla Lidmilová morre aos 86 anos». 28 de janeiro de 2019 
  3. «Zemřela česká překladatelka Lidmilová, držitelka portugalského státního vyznamenání». iROZHLAS (em checo). Český rozhlas. Consultado em 28 de janeiro de 2019 
  4. Grauová, Šárka. «Překladatelka Pavla Lidmilová» (em cz). 17 de janeiro de 2016. Consultado em 8 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  5. «Falecimento de Pavla Lidmilová, tradutora de Língua Portuguesa». 31 de janeiro de 2019. Consultado em 31 de janeiro de 2019 
  6. «Ve věku 86 let zemřela překladatelka Pavla Lidmilová». Novinky.cz. Consultado em 28 de janeiro de 2019