Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Thelyphonida, em visão dorsal, com pedipalpos destacados em verde.

Em zoologia, chamam-se pedipalpos, ou simplesmente palpos, o segundo par de apêndices articulados e móveis do prossoma dos artrópodes do sub-filo Chelicerata, ao qual pertencem as aranhas, escorpiões, ácaros e algumas espécies marinhas. Os merostomados têm dois pares de pedipalpos.

Os pedipalpos encontram-se localizadas dos lados da boca, são articulados e servem, na maior parte das espécies para ajudar as quelíceras (o primeiro par) na alimentação.[1]

Em várias espécies de aranhas, os pedipalpos encontram-se modificados como órgãos copuladores. Na maioria das espécies são pequenos, mas nos escorpiões são grandes e terminam numa pinça e nos solífugos são alongados e confundem-se com um quinto par de patas.

Oxyopes salticus com pedipalpos aumentados.

Referências

  1. A palavra 'palpo' é usada na expressão "em palpos de aranha" (estar perto da boca da aranha), no sentido de estar em uma situação difícil.

Ligações externasEditar