Abrir menu principal

Pedro Pinheiro Chaves

Pedro Pinheiro Chaves, mais conhecido como Pedro Chaves, (São Domingos (Goiás), 28 de agosto de 1958) é um político filho de Pedro Celestino Chaves e Maria Pinheiro Chaves, filiado ao PMDB[1], deputado federal pelo estado de Goiás nas legislaturas 1999-2003, 2003-2007 e 2007-2011[2].

Votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[3] Posteriormente, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos.[3] Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.[3] [4] Em agosto de 2017 votou contra o processo em que se pedia abertura de investigação do então Presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.[3][5]

Referências

  1. «Pedro Chaves atua no Congresso em benefício do Nordeste/GO». FormosaNews. 1 de fevereiro de 2010. Consultado em 27 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  2. «Dep.Pedro Chaves». Câmara dos Deputados. Consultado em 27 de outubro de 2010 
  3. a b c d G1 (2 de agosto de 2017). «Veja como deputados votaram no impeachment de Dilma, na PEC 241, na reforma trabalhista e na denúncia contra Temer». Consultado em 11 de outubro de 2017 
  4. Redação (27 de abril de 2017). «Reforma trabalhista: como votaram os deputados». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  5. Carta Capital (3 de agosto de 2017). «Como votou cada deputado sobre a denúncia contra Temer». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.