Pedro Roberto Chaves

Pedro Roberto Chaves
Nascimento 1887
Morte 1951 (64 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação cientista

Pedro Roberto da Silva Chaves (18871951) concluiu os seus estudos de Medicina em 1915, com uma tese «Sobre a célula serosa pancreática», tendo iniciado a sua carreira no Laboratório de análises clínicas do Hospital de São José, em Lisboa, sob a direção de Henrique Parreira.[1][2][3]

BiografiaEditar

Foi histologista e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, tendo ingressado como «primeiro-assistente» do Instituto de Histologia e Embriologia (IHE), na referida Faculdade, em 1919. Nessa ocasião, apresentara como prova de concurso o artigo «Algumas observações sobre a evolução da célula hepática do ouriço cacheiro».

Pedro Roberto Chaves foi próximo colaborador de Augusto Celestino da Costa na Faculdade de Medicina de Lisboa. Com este último, deu à estampa diversas obras entre as quais um «Manual de Técnica Histológica» (1921), um «Manual de Histologia» (1938), mais tarde ampliado num «Tratado Elementar de Anatomia Microscópica» que teve uma edição castelhana em 1953. Foi reputado desenhador morfologista, pedagogo e orador apreciado.[4]

Notas

  1. Memória UL: Nota biográfica.
  2. À memória do consócio prof. Doutor Pedro Roberto da Silva Chaves (1887-1951), por Raúl de Carvalho.
  3. Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, vol. VI, p. 642.
  4. «Na inauguração do retrato do professor Pedro Roberto Chaves, no Instituto de Histologia e Embriologia da Faculdade de Medicina de Lisboa em 11 de junho de 1952», separata de O Médico, nº 55, 1952.