Abrir menu principal

Pedro de Melo Breiner

(Redirecionado de Pedro de Melo Breyner)
Pedro de Melo Breiner
Nascimento 4 de dezembro de 1751
Lisboa
Morte 29 de dezembro de 1830 (79 anos)
Lisboa
Cidadania Portugal

Pedro de Mello Breyner e Menezes[1] (Lisboa, 4 de Dezembro de 1751Forte de São Julião da Barra, 29 de Dezembro de 1830) foi um aristocrata, magistrado judicial e político que, entre outros cargos de relevo, foi embaixador de Portugal em Roma, governador das Justiças do Porto, presidente do Real Erário e membro do Conselho de Regência de 1807.

BiografiaEditar

Senhor da Trofa, conselheiro de Estado, embaixador em Roma, governador das Justiças do Porto, presidente do Real Erário e membro do Conselho de Regência de 1807.

Morreu em 1830, encarcerado na Torre de S. Julião da Barra, onde fora encerrado dois anos antes, por ordem de D. Miguel, que não lhe perdoou as confessadas convicções liberais. Foi desembargador da Relação do Porto e escrivão da Misericórdia do Porto, mas estes são apenas dois dos vários cargos que ocupou, tendo sido o último de todos o de conselheiro de Estado. A subida ao poder de D. Miguel ditou a sua morte na prisão, em Dezembro de 1830, depois de ter sido preso em Maio de 1928.

Morreu encarcerado, no Forte de S. Julião da Barra, por seguir as ideias liberais e o partido de D. Pedro.

A Rua do Breiner, no Porto, homenageia-o.

Referências

  1. Originalmente grafado Pedro de Mello Breyner.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.