Philip Gourevitch

Philip Gourevitch (Filadélfia, 1961) é um jornalista e escritor estadunidense, colaborador da The New Yorker e ex-editor da The Paris Review. Seu livro mais recente é Procedimento Operacional Padrão (2008), sobre a Prisão de Abu Ghraib quando sob ocupação dos Estados Unidos. Ele se tornou conhecido pelo primeiro livro, Gostaríamos de Informá-lo que Amanhã Seremos Mortos Com Nossas Famílias (1998), que conta a história do Genocídio em Ruanda de 1994.

Philip Gourevitch
Philip Gourevitch
Nascimento 1961 (60 anos)
Filadélfia,  Estados Unidos
Prémios National Book Critics Circle Award (1998)
Género literário Romance, conto

Philip se interessou pela Ruanda em 1994, conforme acompanhava notícias do genocídio. Frustrado por não entender o que acontecia lá de longe, começou a visitar o país em 1995, realizando um total de nove viagens pelos dois anos seguintes, tanto a Ruanda quanto a países vizinhos (Zaire (atual República Democrática do Congo), Burundi, Uganda, Tanzânia) para relatar o genocídio e suas consequências.[1]

Seu livro Gostaríamos de Informá-lo que Amanhã Seremos Mortos Com Nossas Famílias foi publicado em 1998, e venceu o National Book Critics Circle Award, o George Polk Book Award, o Los Angeles Times Book Award, o Cornelius Ryan Award da Overseas Press Club, o Helen Bernstein Award da New York Public Library, a PEN/Martha Albrand Award for First Nonfiction e, na Inglaterra, o The Guardian First Book Award.[2] O africanista René Lemarchand afirmou que o fato da "história de Ruanda ser conhecida hoje nos Estados Unidos se deve muito ao trabalho de Philip Gourevitch e Alison Des Forges.[3] Ele foi descrito pelo jornal britânico The Observer como "o principal escritor do mundo sobre a Ruanda".[1]

BibliografiaEditar

LivrosEditar

  • Gourevitch, Philip (1998). Gostaríamos de Informá-lo que Amanhã Seremos Mortos Com Nossas Famílias. [S.l.]: Farrar, Straus and Giroux 
  • Gourevitch, Philip; Morris, Errol (2008). Standard Operating Procedure. [S.l.]: Penguin Press [4]

Artigos e reportagensEditar

Referências

  1. a b Gourevitch, Philip (8 de novembro de 2009). «Rwanda: Will the truce hold?». The Observer. London. Consultado em 8 de novembro de 2009 
  2. «Guardian First Book Award 1999». The Guardian. London. Consultado em 15 de abril de 2010 
  3. Lemarchand, René (2009). The Dynamics of Violence in Central Africa. Philadelphia: University of Pennsylvania Press. ISBN 978-0-8122-4120-4 
  4. Reprinted in paperback as Gourevitch, Philip; Morris, Errol (2009). The Ballad of Abu Ghraib. [S.l.]: Penguin 

Ligações externasEditar