Pierre Plancher

jornalista francês
Pierre Plancher
Nascimento 10 de janeiro de 1779
Morte 18 de setembro de 1844 (65 anos)
Cidadania França
Ocupação jornalista

Pierre René François Plancher de la Noé (França, 1779 - 1844), editor e jornalista francês, atuou no mercado brasileiro à época do Primeiro Reinado.

Antigo bonapartista, em 1822 Plancher viu-se forçado a encerrar as suas atividades editoriais em Paris, encaminhando-se para um exílio.

O país que escolheu, devido à situação política, foi o Brasil. Instalou-se na então capital, o Rio de Janeiro, à Rua do Ouvidor, onde abriu a sua tipografia em 1824. Aqui se dedicou, inicialmente, à publicação, em língua portuguesa, de obras de ficção e dos autores clássicos do pensamento político da Europa. Na qualidade de Impressor Real, título que obteve em 15 de maio desse mesmo ano (foi o responsável pela impressão da Constituição do Império do Brasil), participou ativamente do debate político à época, tendo editado, também nesse ano, o Spectador Brasileiro. Suas posições moderadas eram favoráveis ao governo, o que contrastava com outros periódicos à época.

Em 1827 adquiriu o Diário Mercantil, fundando o Jornal do Commercio, seu empreendimento mais famoso.

Após a abdicação de D. Pedro I (1822-1831), Plancher retornou à sua pátria, em 1834.

Ver tambémEditar