Pierres de Lecq

Les Pierres de Lecq (Jèrriais: Les Pièrres dé Lé) ou Paternosters são um grupo de rochas inabitáveis num arrecife no Bailiado de Jersey entre Jersey e Sark, 6 km ao norte de Grève de Lecq em Saint Mary, Jersey e 22,4 km a oeste da Península de Cotentin na Normandia.

As Pierres de Lecq (ou Paternosters) na maré alta vistas de Jersey, com Sark ao fundo. As três rochas visíveis são La Vouêtaîthe, La Grôsse e L'Êtaîthe
Mapa de localização de Les Pierres de Lecq

Somente três das rochas são visíveis durante a maré alta: L'Êtaîthe ("a do leste"), La Grôsse ("a grande") and La Vouêtaîthe ("a do oeste"). A região possui uma das maiores amplitudes de maré no mundo, chegando eventualmente a 12 metros.

O nome Paternosters está ligado a uma lenda relacionada à colonização de Sark no século XVI. De acordo com a lenda, uma embarcação com mulheres e crianças atingiu o arrecife e seus gritos e choros ainda podem ser ouvidos de tempos em tempos no vento. Os marinheiros supersticiosos ainda dizem o Pai Nosso ao passar pelas rochas, daí o nome Paternosters.

As rochas são um sítio Ramsar, que cataloga unidades de conservação em áreas úmidas,[1] e sustentam uma grande variedade de cetáceos, inclusive golfinhos. É considerado uma forma de fronteira biogeográfica.[2] O conjunto foi designado com o número de referência 1457 em 2 de fevereiro de 2005.[3]

Nomes das rochasEditar

Todos os nomes são em Jèrriais

  • L'Êtchièrviéthe
  • La Rocque du Nord
  • L'Êtaîse ou L'Êtaîthe
  • Lé Bel
  • Lé Longis
  • La P'tite Mathe
  • La Grôsse (Rocha Grande)
  • La Grand' Mathe
  • La Greune dé Lé, ou La Bonnette
  • La Greune du Seur-Vouêt
  • L'Orange
  • La Vouêtaîse, La Vouêtaîthe, ou La Vouêt'rêsse
  • La Cappe
  • La Douoche
  • Lé Byi
  • La Rocque Mollet
  • L'Êtché au Nord-Vouêt
  • La Galette
  • La Briarde
  • La Sprague
  • La Niêthole Jean Jean ou Lé Gouoillot

Referências

  1. «Sítios RAMSAR». Ministério do Meio Ambiente (Brasil). Consultado em 22 de julho de 2018 
  2. «Les Pierres de Lecq». Ramsarfco 
  3. «Les Pierres de Lecq». Ramsar Convention Sites Information Service. Consultado em 25 de abril de 2018 

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pierres de Lecq