Plasmodium vivax


Plasmodium vivax é um parasita protozoário e um patogeno humano. É a causa mais comum e disseminada de malária recorrente e uma das seis espécies de parasitas de malária que infectam o ser humano.[1] É menos virulento do que o Plasmodium falciparum, o mais mortal entre os seis, embora a malária vivax possa ter complicações graves que resultem na morte.[2][3] O P. vivax é transportado pela fêmea do mosquito Anopheles, uma vez que são apenas as fêmeas da espécie que picam para se alimentar.

Como ler uma infocaixa de taxonomiaPlasmodium vivax
Trofozoíto maduro de P. vivax
Trofozoíto maduro de P. vivax
Classificação científica
Reino: Chromalveolata
Superfilo: Alveolata
Filo: Apicomplexa
Classe: Aconoidasida
Ordem: Haemosporida
Família: Plasmodiidae
Género: Plasmodium
Espécie: P. vivax
Nome binomial
Plasmodium vivax
Grassi & Feletti 1890

Referências

  1. White, NJ (2008 Jan 15). «Plasmodium knowlesi: the sixth human malaria parasite.». Clinical infectious diseases : an official publication of the Infectious Diseases Society of America. 46 (2): 172–3. PMID 18171246  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. Baird, J. Kevin (1 de novembro de 2007). «Neglect of Plasmodium vivax malaria». Trends in Parasitology. 23 (11): 533–539. doi:10.1016/j.pt.2007.08.011 
  3. Anstey, NM; Douglas, NM; Poespoprodjo, JR; Price, RN (2012). «Plasmodium vivax: clinical spectrum, risk factors and pathogenesis.». Advances in parasitology. 80: 151–201. PMID 23199488