Abrir menu principal

Plemneu, na mitologia grega, foi um rei de Sicião.

Plemneu é o nome do décimo primeiro rei de Sicião segundo Eusébio de Cesareia e Jerônimo de Estridão, sucessor de Erato e antecessor de Ortópolis;[1][2] Eusébio atribui esta lista a Castor de Rodes.[3] Pelos cálculos de Jerônimo, ele reinou de 1671 a 1623 a.C..[2]

Segundo Pausânias, Plemneu era filho e sucessor de Perato, mas não conseguia ter filhos, porque todos os filhos morriam ao nascer.[4] Deméter teve piedade de Plemneu, visitou a Egialeia [Nota 1] disfarçada de uma mulher estrangeira, e criou, para Plemneu, seu filho Ortópolis.[4] Ortópolis sucedeu Plemneu.[4]

Precedido por
Erato
Rei de Sicião
1671 a 1623 a.C.
Sucedido por
Ortópolis

Notas e referências

Notas

  1. O nome inicial de Sicião era Egialeia, por causa de seu fundador Egialeu; o nome Sicião só foi dado mais tarde durante o reinado de Sicião

Referências

  1. Eusébio de Cesareia, Crônica, 63, Os reis de Sicião
  2. a b Jerônimo de Estridão, Chronicon
  3. Eusébio de Cesareia, Crônica, 62, Cronologia grega
  4. a b c Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 2.5.8