Pontifícia Academia das Ciências Sociais

A Pontifícia Academia de Ciências Sociais ( em latim: Pontificia Academia Scientiarum Socialium, ou PASS ) foi criada em 1 de janeiro de 1994 pelo Papa João Paulo II e está sediada na Casina Pio IV na Cidade do Vaticano. Funciona de maneira semelhante a outras sociedades científicas em todo o mundo, mas tem a tarefa especial de dialogar com a Igreja. Suas atividades científicas são organizadas e focadas para promover esse diálogo.

Entrada para a Academia
Pátio da Academia

HistóriaEditar

A PASS é uma das dez academias pontifícias do Vaticano em Roma. Foi criada para promover o estudo das ciências sociais, principalmente economia, sociologia, direito e ciência política. Através de um diálogo apropriado, oferece à Igreja Católica Romana elementos úteis para o desenvolvimento de seu ensino social, e reflete sobre a aplicação dessa doutrina na sociedade contemporânea. A PASS, que é autônoma, mantém uma estreita relação com o Conselho Pontifício Justiça e Paz. [1]

O economista francês Edmond Malinvaud foi o primeiro presidente da academia, de 1994 a 2000. Em abril de 2014, o Papa Francisco nomeou a socióloga britânica Margaret Archer para o cargo. Em 27 de março de 2019, ela foi substituída pelo Prof. Stefano Zamagni.

A PASS está sediada na Casina Pio IV, no coração dos Jardins do Vaticano, junto com sua academia irmã, a Pontifícia Academia das Ciências. O chanceler de ambas as academias é o monsenhor Marcelo Sánchez Sorondo.

Lista de AcadêmicosEditar

Acadêmicos comuns
Acadêmicos Honorários
  • Mina Magpantay Ramirez
  • Louis Sabourin
  • Herbert Schambeck
Ex-acadêmicos

Referências

  1. Art. 1 of the Statutes of the Pontifical Academy of Social Sciences

Ligações externasEditar