Abrir menu principal

Wikipédia β

Cypraeidae

(Redirecionado de Porcelanas (animal))
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCypraeidae
Conchas de diversas espécies de Cypraeidae
Conchas de diversas espécies de Cypraeidae
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Mollusca
Classe: Gastropoda
(sem classif.) clado Caenogastropoda
(sem classif.) clado Hypsogastropoda
(sem classif.) clado Littorinimorpha
Superfamília: Cypraeoidea
Família: Cypraeidae
Rafinesque, 1815
Gêneros
Ver texto.

Cypraeidae é uma família de gastrópodes marinhos que engloba espécies popularmente conhecidas no Brasil como búzios, e em Portugal como cipreias ou porcelanas.[1]

Por cerca de duzentos anos as espécies desta família foram classificadas dentro de apenas um gênero, Cypraea. Atualmente, no entanto, com o aumento do número de espécies registradas e com os avanços nas pesquisas em genética molecular, os cipreídeos vêm sendo divididos em muitos gêneros diferentes.

Índice

DescriçãoEditar

As conchas de Cypraeidae adultas são bem arredondadas, quase como um ovo, diferenciando-as das de outros gastrópodes. Também são extremamente lisas e brilhantes em virtualmente todas as espécies da família. Isto ocorre porque, no animal vivo, a concha está quase sempre coberta pelo manto, que a protege depositando continuamente sobre a mesma uma substância parecida com esmalte que evita a abrasão.[2]

Em algumas espécies, os dois lobos do manto recobrem totalmente a superfície da concha e, por isso, a região dorsal apresenta uma linha divisória típica (exatamente no ponto onde os lobos se encontram), chamada de linha dorsal.[3]

As papilas do manto têm formas e cores variadas, sendo estas últimas normalmente semelhantes às cores do substrato onde o animal vive, o que lhe proporciona uma boa camuflagem contra predadores.

As conchas das formas juvenis não se parecem nem um pouco com as do animal adulto, sendo mais semelhantes às conchas de alguns caramujos da ordem Cephalaspidea. Elas também raramente exibem o mesmo padrão de cores que o indivíduo adulto e, por isso, podem apresentar uma dificuldade maior para identificar a espécie.

A espira é visível nas conchas juvenis mas, à medida que o animal cresce, a concha se espessa e ela termina por ser recoberta, restando apenas uma leve saliência ou depressão na parte externa da concha. As formas juvenis também possuem o lábio externo delgado e desprovido de dentes, enquanto nas formas adultas o lábio se espessa e se curva para o interior da concha, dando origem a uma abertura longa, estreita e ladeada por "dentes".[4]

Outra característica interessante desta família é que nenhuma das espécies apresenta opérculo (são inoperculadas), como as Olividae.

Seu tamanho varia desde 7mm, como registrado em um exemplar de Naria irrorata (Gray, 1828), até aproximadamente 191mm, comprimento encontrado em uma Macrocypraea cervus (Linnaeus, 1771).[5]

PredadoresEditar

A abertura bem estreita e denticulada da concha dos cipreídeos adultos impede que estes animais sejam predados com facilidade. No entanto, eles ainda são vulneráveis aos seguintes tipos de predadores:

  • Alguns crustáceos conseguem quebrar a concha dos Cypraeidae com suas pinças.
  • Alguns gêneros de moluscos conídeos como Conus textile injetam veneno (conotoxina) na carne do animal. O conídeo então estende seu estômago dentro da concha do cipreídeo para digeri-lo por completo.
  • Alguns polvos conseguem perfurar um pequeno buraco na concha do cipreídeo utilizando um tipo de espinho/dente e uma secreção acídica, para depois injetar um veneno que mata o animal.

DistribuiçãoEditar

A imensa maioria das espécies conhecidas habitam recifes de coral em mares tropicais e subtropicais, vivendo a pouca profundidade, na região entre marés. Aproximadamente um terço das espécies vive em mares temperados, em profundidades que vão de 1 até cerca de 500 metros de profundidade.[4]

São muito comuns na região do Indo-Pacífico, embora existam em praticamente todos os mares. No Brasil, ocorrem as seguintes espécies:[4]

TaxonomiaEditar

A família Cypraeidae pertence, junto com a família Ovulidae, à superfamília Cypraeoidea. Esta, por sua vez, faz parte do clado Littorinimorpha, que pertence ao clado maior Hypsogastropoda.

Os seguintes gêneros[6] e subfamílias foram reconhecidos pela Taxonomia dos Gastrópodes, de Bouchet & Rocroi (2005):

Referências

  1. «Conchas». Consultado em 15 de outubro de 2014.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  2. Gladys Archerd Shell Collection no Museu de História Natural da Universidade Estadual de Washington. Página acessada em 26 de abril de 2010
  3. Simone, L.R.L. 2004. Morphology and phylogeny of the Cypraeoidea (Mollusca, Caenogastropoda. Ed. Fapesp, São Paulo, 185p.
  4. a b c Cypraeidae.. In: Conquiliologistas do Brasil. Página acessada em 26 de abril de 2010.
  5. Cypraeidae In: World Wide Conchology. Página acessada em 27 de abril de 2010.
  6. Nomenclator Zoologicus
  7. a b c d Meyer C. P. (2003) "Molecular systematics of cowries (Gastropoda: Cypraeidae) and diversification patterns in the tropics". Biological Journal of the Linnean Society 79(3): 401–459. doi:10.1046/j.1095-8312.2003.00197.x

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cypraeidae