Prússia Oriental

   |- style="font-size: 85%;"
       |Erro::  valor não especificado para "nome_comum"
   |- style="font-size: 85%;"
       | Erro::  valor não especificado para "continente"
Ostpreußen
Prússia Oriental

Província
(Prússia)

Flag of Ducal Prussia.svg
 
Blank.png
1772–1829
1878–1945
Flag of the Klaipėda Region.svg
 
Flag of German Reich (1935–1945).svg
 
Flag of the Soviet Union.svg
 
Flag of Poland (1928-1980).svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de {{{nome_comum}}}
Prússia Oriental (vermelho), dentro do Reino da Prússia, dentro do Império Alemão, a partir de 1871
Capital Königsberg
Governo Não especificado
História
 • 31 de janeiro de 1773 Estabelecido
 • 3 de dezembro de 1829 Província da Prússia
 • 1 de abril de 1878 Província restaurada
 • 1945 Captura soviética
Área
 • 1905 36 993 km2
População
 • 1905 est. 2 025 741 
     Dens. pop. 54,8 hab./km²
Atualmente parte de  Polónia
 Lituânia
 Rússia

A Prússia Oriental (em alemão: Ostpreußen, em latim: Borussia orientalis) foi uma província do Reino da Prússia e seu território corresponderia ao extremo-leste do Império Alemão. A Prússia Oriental era banhada pelo mar Báltico.

O território que compunha a Prússia Oriental hoje está dividido entre Polônia, Lituânia e Rússia (Oblast de Kaliningrado).

HistóriaEditar

 
Prússia Oriental no século XIV

Foi nessa região que surgiu no século XIII o estado soberano da Ordem Teutônica, e que a partir do século XVII passou a governar grandes porções territoriais pertencentes ao Sacro Império Romano-Germânico. A partir de 1525, ela ficou conhecida como Ducado da Prússia, sob controle da Ordem Teutônica, em contrapartida à Prússia Real (esta, sob controle polonês).

Com a fragmentação da Polônia, a Prússia Real foi anexada ao Reino da Prússia ligando o extremo-leste até Brandemburgo, no Sacro Império.

Com a criação do Império Alemão em 1871, o Reino da Prússia tornou-se seu principal estado.

Após a Primeira Guerra Mundial, a Prússia Oriental ficou geograficamente separada do resto do território alemão por uma faixa de território polonês, o chamado corredor polonês.

Com a derrota na Segunda Guerra Mundial, a Alemanha perdeu o território da Prússia Oriental, que ficou a oeste da linha Oder-Neisse, nova fronteira entre Polônia a Alemanha definida na Conferência de Potsdam. O território da Prússia Oriental foi dividido entre a Polônia e a União Soviética, atualmente Lituânia e Rússia.

Divisão depois de 1918Editar

Divisão entre a Alemanha (área que permaneceu na Prússia Oriental), Lituânia e Polônia após a Primeira Guerra Mundial
Prussia Oriental Área em 1910 (km²) Compartilhamento de território População em 1910 Após a 1ª Guerra Mundial, parte de: Notas
Dado a: 37.002 km² [1] 100% 2.064.175 Dividido entre:
Polônia 565 km²[2][3] 2% 2% Pomerânia

(Soldauer Ländchen[4])

[Notas 1]
Lituânia 2.828 km² 8% 7% Território de Memel
Prussia Oriental 33.609 km² 90% 91% Prussia Oriental

Desenvolvimento populacionalEditar

Ano População[6]
1875 1 856 421
1880 1 933 936
1890 1 958 663
1900 1 996 626
1910 2 064 175
1925 2 256 349
1933 2 333 301
1939 2 488 122

Línguas na Prússia OrientalEditar

 
Línguas na Prússia Oriental, segundo o censo de 1905-06:[7]
Alemão
Polonês
Lituano
Bilíngue
Outras línguas

Os principais idiomas da Prússia Oriental eram o alemão, o polonês e o lituano.[7]

Ver tambémEditar

NotasEditar

  1. Parte do condado pré-1918 de Nidzica com Działdowo e com cerca de 27 mil habitantes;[2] bem como partes do condado de Ostróda perto de Dąbrówno, com áreas em torno de Groszki, Lubstynek, Napromek, Czerlin, Lewałd Wielki, Grzybiny e com cerca de 4786 habitantes.[5] Muito pequeno para formar sua própria voivodia, este território foi incorporado à Pomerânia.

Referências

  1. «Gemeindeverzeichnis Deutschland» 
  2. a b «Rocznik statystyki Rzeczypospolitej Polskiej 1920/21». Rocznik Statystyki Rzeczypospolitej Polskiej. I. Varsóvia: Główny Urząd Statystyczny. 1921. pp. 56–62 
  3. Jehke, Rolf. «Rbz. Allenstein: 10.1.1920 Abtretung des Kreises Neidenburg (teilweise) an Polen; 15.8.1920 Abtretung der Landgemeinden Groschken, Groß Lehwalde (teilweise), Klein Lobenstein (teilweise), Gut Nappern und der Gutsbezirke Groß Grieben (teilweise) und Klein Nappern (teilweise) an Polen.». territorial.de 
  4. «Działdowo, Soldauer Gebiet, Soldauer Ländchen». GOV The Historic Gazetteer 
  5. Khan, Daniel-Erasmus (2004). Die deutschen Staatsgrenzen. Tübingen: Mohr Siebeck. 78 páginas. ISBN 3-16-148403-7 
  6. Michael Rademacher. «Deutsche Verwaltungsgeschichte». Arquivado do original em 31 de julho de 2015 
  7. a b Leszek Belzyt:Sprachliche Minderheiten im preußischen Staat 1815-1914: Die preußische Sprachenstatistik in Bearbeitung und Kommentar.Verlag Herder-Institut, Marburg 1998.

BibliografiaEditar

  • Mee, Charles L (2007). Paz em Berlim. a conferência de Potsdam e seu mister de encerrar a Segunda Guerra Mundial. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. ISBN 978-85-209-1978-1 


  Este artigo sobre a história da Europa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.