Abrir menu principal

Praça da União (Bucareste)

Bucareste
Romênia Praça da União

Piața Unirii

 
  praça  
Piata Unirii - panoramio (1).jpg
Localização da Praça da União
Coordenadas 44° 25' 39" N 26° 6' 7" E
Cidade Bucareste

A Praça da União (em romeno: Piața Unirii) é uma das maiores praças do centro de Bucareste, a capital da Roménia. Situa-se no local onde os setore 1, 2, 3 e 4 da cidade se encontram e é atravessada pelo Bulevar da União (Bulevardul Unirii), construído durante a era comunista como Bulevar da Vitória do Socialismo e rebatizada depois da revolução de 1989.

No centro da praça há um jardim e uma fonte monumental rodeada por uma grande lago. Na altura do Natal é montada na praça uma grande árvore de Natal. A praça é um importante centro de de transportes, onde se cruzam várias linhas de autocarros urbanos e onde se situa a estação de metropolitano Piața Unirii e um terminal de elétricos no canto sudoeste. No lado oriental há uma grande praça de táxis, o centro comercial Unirea e os grandes armazéns comerciais Cocor. No lado norte, perto da esquina nordeste, encontra-se o Hanul lui Manuc (Estalagem Manuc), um antigo caravançarai fundado em 1808 e o hotel mais antigo de Bucareste, que atualmente é um restaurante.[1][2][3]

HistóriaEditar

No passado a Piața Unirii era o local do único grande mercado de Bucareste e ali se realizava uma feira de gado anual. Durante o reinado de Alexandre João Cuza (r. 1859–1873) foi contratado o francês Alfred Godillot para construir um pavilhão para a venda de carne, inspirado num mercado de Paris. O edifício, concluído em 1872 e na época era a maior e mais moderna construção da cidade, com 2 700 . Nas décadas seguintes foram construídos pavilhões para a venda de peixe, fruta, aves e hortaliças. O complexo de edifícios, conhecido por "mercados centrais" (Halele Centrale) existiu até meados da década de 1930, quando o rei Carlos II decidiu modernizar a área. Os edifícios do mercado foram então demolidos, à exceção do mercado da carne, que só foi demolido nos anos 1980 por ordem do ditador Nicolae Ceaușescu.[4]

Notas e referênciasEditar

  • Parte do texto foi inicialmente baseado na tradução do artigo «Piața Unirii» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).
  1. Ignat, Vlad. «Hanul Manuc, ultimul caravanserai din Europa» (em romeno). www.historia.ro. Consultado em 13 de julho de 2018 
  2. «Our story» (em inglês). Restaurant Hanu' lui Manuc. www.hanumanucrestaurant.ro. Consultado em 13 de julho de 2018 
  3. Iosif, Cristina. «Hanul lui Manuc – Manuc's Inn (1802)» (em inglês). unknownbucharest.com. Consultado em 13 de julho de 2018 
  4. Badescu, Emanuel (1 de fevereiro de 2008). «Halele din Piata Unirii» (em romeno). Ziarul Financiar. www.zf.ro. Consultado em 13 de julho de 2018