A Quinta do Chantre localiza-se na freguesia de Leça do Balio, concelho de Matosinhos, distrito do Porto, em Portugal, numa zona de fronteira com o concelho da Maia.

HistóriaEditar

A casa foi construída por iniciativa de Dominguos Barbosa, cónego magistral da Sé do Porto, entre 1732 e 1736, para servir de local de repouso, com projeto do arquiteto italiano Nicolau Nasoni.

CaracterísticasEditar

Apresenta planta retangular, tendo no ângulo noroeste uma capela. A fachada do edifício, bem equilibrada, é dominada por um torreão central que ostenta a pedra de armas dos Barbosa e Albuquerque. Ao centro da fachada desenrola-se uma elegante escadaria exterior, com acesso ao andar nobre, onde se abrem diversas janelas e varandas de pedra de granito, bem trabalhadas.

Destaca-se o portão em ferro da entrada principal da quinta, através do qual não apenas se pode admirar a fachada principal do edifício, mas também uma alameda de acesso e os jardins e motivos escultóricos circundantes, reforçando assim o barroco paisagístico das obras de Nasoni.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Espaços Verdes, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.