Disambig grey.svg Nota: se procura a inflorescência de flores nuas e com pedúnculo reduzido ou inexistente, veja amento.

Racemo[1] (também grafado racimo[2]) ou cacho é um tipo de inflorescência em que os pedicelos das flores se inserem em diversos níveis no eixo comum, a chamada ráquis, atingindo diferentes alturas, e cujas flores se abrem sucessivamente na extremidade do ramo, conforme este vai crescendo, de maneira que as flores mais velhas vão ficando mais afastadas do ápice.[3] Têm um crescimento indeterminado. Nalguns casos, quando o racemo é conspícuo, tal pode refletir-se no nome científico da planta, por exemplo a Cimicifuga racemosa.

Inflorescência de uma orquídea, um racemo típico.

EtimologiaEditar

"Rácemo" é a forma latina, introduzida no português por via erudita, correspondente à forma do latim vulgar racimo (não *rácimo), já documentada no português medieval. Em qualquer caso, a única denominação comum no português atual para esse tipo de inflorescência é "cacho" (por exemplo, o cacho de uvas).

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Racemo

Ver tambémEditar

Referências

  1. Infopédia. «racemo | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2022 
  2. Infopédia. «racimo | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Porto Editora. Consultado em 11 de junho de 2022 
  3. «Universidade de Coimbra - Herbário da Universidade de Coimbra - Glossário Botânico». www.uc.pt. Consultado em 11 de junho de 2022