Rafał Blechacz

Rafał Blechacz
Nascimento 30 de junho de 1985 (35 anos)
Nakło nad Notecią
Cidadania Polônia
Ocupação pianista, compositor
Prêmios Medalha de Prata do Mérito Cultural Polonês Gloria Artis, Cavaleiro da Ordem da Polônia Restituta
Página oficial
http://www.blechacz.net

Rafał Blechacz (Nakło nad Notecią, Polônia, 30 de junho de 1985) é um pianista erudito polonês. Teve seu maior reconhecimento ao vencer a 15ª edição da Competição Internacional de Piano Frédéric Chopin considerada uma das mais difíceis e famosas competições de piano no mundo.

BiografiaEditar

Nascido em Nakło nad Notecią, na província de Bydgoszcz, Polônia, Rafał Blechacz começou suas aulas de piano aos 5 anos. Progrediu sua educação musical na Artur Rubinstein State School of Music e graduou-se, aos 22 anos, na Academia de Música Feliks Nowowiejski em 2007, tendo aulas com a professora Katarzyna Popowa-Zydroń.[1]

CarreiraEditar

Nas primeiras fases de sua carreira, teve parte em diversos festivais de música e competições que o proporcionaram prêmios de grande prestígio como o primeiro lugar na 13ª edição da Competição Polonesa Johann Sebastian Bach, em Gorzów Wielkopolski, 1996, e o segundo lugar na 5ª edição da Competição Internacional de Jovens Pianistas “Artur Rubinstein in memoriam” em Bydgoszcz, 2002. Seu progresso continuou quando foi nomeado "co-vencedor" da 5ª edição da Competição Internacional de Piano Hamamatsu no Japão.[1]

Competição Internacional de ChopinEditar

Em outubro de 2005, foi o grande vencedor da Competição Internacional de Piano Frédéric Chopin, famosa competição por ser uma das mais antigas competições e apresentar grande rigidez na seleção do júri e dos candidatos. Rafał Blechacz foi o primeiro concorrente da história a conquistar primeiro lugar em todas as premiações do concurso, recebendo a premiação de melhor interpretação de Mazurka, por "Polish Radio". Melhor interpretação de Polonaise, por "Frédéric Chopin Society". Melhor interpretação de concerto por "National Philharmonic of Poland" e melhor interpretação de Sonata por "Krystian Zimerman", alguns dos patrocinadores da competição, além do prêmio por Audiência.[1]

PrêmiosEditar

"Competição Polonesa Johann Sebastian Bach", 1996 - 1º lugar

"Competição Internacional Jovens Pianistas, Artur Rubinstein in memorian", 2002 - 2º lugar

"Competição Internacional de Piano Hamamatsu", 2003 - 1º lugar (co-vencedor)

"Competição Internacional de Piano Frédéric Chopin", 2005 - 1º lugar, prêmio de audiência e melhor intérprete de Mazurkas, Polonaises, Concerto e Sonata.

"Fryderyk 2009" - prêmio pelo melhor CD de piano solo "Rafał Blechacz"

"Fryderyk 2010" - dois prêmios. Melhor álbum do ano para "Chopin Piano Concertos" e "a melhor gravação de música polonesa".

"Academia Chigiana", 2010 - prêmio internacional aos melhores músicos do mundo, de acordo com a crítica de um júri específico.

"Preis der Deutschen Schallplattenkritik", 2010 - prêmio pelas interpretações de todos os Concertos de Chopin, pela crítica alemã.

"Preis der Deutschen Schallplattenkritik", 2013 - prêmio pelas interpretações de Polonaises de Chopin, pela crítica alemã.

"Fryderyk 2013" - prêmio pelo melhor álbum do ano "Debussy – Szymanowski".

"Fryderyk 2014" - prêmio de melhor álbum polonês pelo CD "Polonaises".

DiscografiaEditar

"Chopin Polonaises"

"Debussy - Szymanowski"

"Chopin - Piano Concertos"

"Sonatas - Haydn, Beethoven, Mozart"

"Chopin - The complete Preludes"

"The Winner of the 1st Prize"

"Piano Recital"

Referências

  1. a b c Krzywicki, Paul. From Paderewski to Penderecki: The Polish Musician in Philadelphia. Lulu, 2016, pp. 120-122

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Rafał Blechacz