Abrir menu principal
Rafi ibne Alaite ibne Nácer ibne Sair
Nacionalidade Califado Abássida
Etnia Árabe
Progenitores Pai: Alaite ibne Nácer ibne Sair
Ocupação General
Religião Islamismo sunita

Rafi ibne Alaite ibne Nácer ibne Sair (Rafi ibn al-Layth ibn Nasr ibn Sayyar - lit. "Rafi, filho de Alaite, filho de Nácer, filho de Saiar") foi um nobre árabe coraçane que liderou uma rebelião em larga escala contra o Califado Abássida entre 806 e 809.

VidaEditar

 
Dirrã de Harune Arraxide (r. 786–809)

Rafi era neto do último governador omíada do Coração, Nácer ibne Saiar, e serviu como governador de Samarcanda sob Ali ibne Issa ibne Maane, o governador do Coração. A impiedosa exploração da província e medidas fiscais opressivas encabeçadas por Ali causaram muito ressentimento entre as elites locais. Consequentemente, quando em 806 Rafi lançou uma revolta em Samarcanda, ela espalhou-se rapidamente pela província, achando suporte entre os árabes e iranianos. Rafi também assegurou o apoio dos turcos oguzes e carlucos.[1]

O califa Harune Arraxide demitiu Ali e substituiu-o por Hartama ibne Aiane, e em 808 marchou para leste para lidar com a situação, mas morreu em março de 809 enquanto estava em Tus. Após a morte de Harune, Rafi escolheu render-se para o filho de Harune e novo governador do Coração, Almamune. Rafi foi perdoado e nada mais se sabe sobre ele.[1]

Referências

  1. a b Bosworth 1995, p. 385–386.

BibliografiaEditar

  • Bosworth, C. E. (1995). «Rāfiʿ b. al- Layt̲h̲ b. Naṣr b. Sayyār». The Encyclopedia of Islam, New Edition, Volume VIII: Ned–Sam. Leida e Nova Iorque: BRILL. p. 385–386. ISBN 90-04-09834-8