Ranveer Singh

Ranveer Singh Bhavnani (nascido em 6 de julho de 1985) é um ator que trabalha na indústria cinematográfica indiana. Ganhador de vários prêmios, incluindo quatro Filmfare Awards, ele está entre os atores mais bem pagos em seu país e tem destaque na lista da Forbes India das 100 celebridades mais bem pagas desde 2012.


Ranveer Singh
Ranveer em 2018
Nome completo Ranveer Singh Bhavnani
Nascimento 6 de julho de 1985 (35 anos)
Bombay, Maharashtra,  Índia
Nacionalidade indiano
Cônjuge Deepika Padukone 2018 - presente
Ocupação Ator

BiografiaEditar

Ranveer Singh nasceu em 6 de julho de 1985[1] em uma família Sindhi em Bombay (agora conhecida por Mumbai), filho de Anju e Jagjit Singh Bhavnani.[2][3] Seus avós se mudaram de Carachi, Sinde, no atual Paquistão, para Mumbai durante a partição da Índia.[4][5]  Ele tem uma irmã mais velha chamada Ritika Bhavnani.[6][7] Ranveer é neto paterno da atriz Chand Burke[8] e primo de segundo grau materno de Sonam Kapoor, filha do ator Anil Kapoor e sua esposa Sunita Kapoor (nascida Bhavnani).[9] Ranveer explica que abandonou seu sobrenome Bhavnani, pois sentiu que o nome seria "muito longo", minimizando assim sua marca como uma "mercadoria vendível".[10]

Ranveer sempre aspirou ser ator, participando de várias peças e debates na escola.[11] Uma vez, quando ele foi para uma festa de aniversário, sua avó o convidou para dançar e entretê-la.[12] Ranveer lembra que de repente ele pulou no gramado e começou a dançar a música "Chumma Chumma" do filme indiano de ação de 1991, Hum.[13]  Ele sentiu a emoção de se apresentar e estava interessado em atuar e dançar.[13]  No entanto, depois de ingressar na H.R. College of Commerce and Economics em Mumbai, Ranveer percebeu que conseguir uma chance na indústria cinematográfica não era nada fácil, pois eram principalmente as pessoas com experiência em cinema que tinham essas oportunidades. Sentindo que a ideia de atuar era "rebuscada demais", ele se concentrou na escrita criativa.[13] Ele foi para os Estados Unidos, onde recebeu seu diploma de Bacharel em Artes pela Universidade de Indiana.

Na universidade, ele decidiu fazer aulas de teatro e começou a estudar teatro como uma disciplina secundária.[13] Depois de terminar seus estudos e retornar a Mumbai em 2007, Ranveer trabalhou por alguns anos em publicidade como redator, com agências como O&M e J. Walter Thompson, ambas da área de publicidade e marketing.[12] Ele então trabalhou como assistente de direção, mas abandonou para seguir seu sonho de ser ator. Ranveer então decidiu enviar seu portfólio aos diretores.[12] Ele foi em todos os tipos de audições possíveis, mas não teve nenhuma boa oportunidade, embora recebesse convites para papéis menores: "Tudo era tão sombrio. Foi muito frustrante. Às vezes eu pensava se estava fazendo o coisa certa ou não."[12]

Ranveer começou a namorar Deepika Padukone, sua co-estrela no filme Goliyon Ki Raasleela Ram-Leela, em agosto de 2012.[14] Em outubro de 2018, o casal anunciou seu casamento.[15] No mês seguinte, eles se casaram em cerimônias tradicionais Konkani e Hindu no Lago Como, Itália.[16]

Ranveer tem aparecido na lista da Forbes India das 100 celebridades mais bem pagas desde 2012, alcançando a sétima posição em 2019.[17][18][19] Naquele ano, a revista estimou seus ganhos anuais em US$ 17 milhões e o classificou como o quinto ator mais bem pago do país.[20] Ele também foi apresentado pela GQ Indiana em sua lista dos 50 jovens indianos mais influentes de 2017 e 2019.[21][22] Em 2019, o India Today o destacou entre as 50 pessoas mais poderosas do país.[23]

Com uma elegância única e inovadora[24], Ranveer ganhou por dois anos seguidos, 2019[25] e 2020[26], o título de "Homem Mais Estiloso" pela revista GQ Indiana.

Além de sua carreira de ator, Ranveer Singh é embaixador de várias marcas[27], incluindo Adidas[28], Head & Shoulders[29], Ching's[30], Jack & Jones[31], Thums Up[32]  e MakeMyTrip[33]. A Duff & Phelps, empresa de consultoria financeira, estimou o valor de sua marca em US$ 63 milhões, em 2018, o quarto maior valor entre as celebridades indianas.[34] Em 2019, Ranveer lançou sua própria gravadora chamada IncInk para promover os músicos locais.[35]

CarreiraEditar

Em janeiro de 2010, Ranveer foi chamado para uma audição por Shanoo Sharma, chefe da divisão de elenco da Yash Raj Films.[36] Eles o informaram que era para o protagonista do filme intitulado Band Baaja Baaraat, uma comédia romântica. Aditya Chopra, o vice-presidente da empresa, posteriormente viu as fitas do teste em vídeo e ficou impressionado com o desempenho de Ranveer em frente as camêras e decidiu que ele se encaixava no papel do herói do filme.[37] No entanto, o diretor-escritor Maneesh Sharma precisava ser mais convincente e então Ranveer foi chamado para mais alguns testes nas duas semanas seguintes até que todos estivessem completamente convencidos do seu potencial. Depois de duas semanas de teste, Ranveer foi confirmado para integrar o elenco junto com Anushka Sharma que deu vida a seu par romântico no longa.[37]

 
Ranveer em 2011

Para se preparar para o papel, Ranveer passou um tempo com alunos no campus da Universidade de Délhi.[13]  Antes do lançamento do filme, analistas comerciais eram céticos quanto ao potencial comercial do filme, citando como justificativa às últimas produções medianas da Yash Raj Films, tudo isso devido ao fato de Ranveer ser um estreante e também pela Anushka Sharma, que na época era então uma atriz "quase esquecida".[38] No entanto, o longa Band Baaja Baaraat tornou-se um grande sucesso. A interpretação de Ranveer foi elogiada.[39] O filme arrecadou aproximadamente US$ 3 milhões nas bilheterias nacionais.[40] No 56º Filmfare Awards, Ranveer ganhou o prêmio de Melhor Estreia Masculina.[41]

Após Band Baaja Baarat , Ranveer assinou contrato para o filme Ladies vs Ricky Bahl, uma comédia romântica produzida por Chopra e dirigida por Maneesh Sharma. O filme foi co-estrelado por Anushka Sharma, Parineeti Chopra, Dipannita Sharma e Aditi Sharma.[42] De acordo com Ranveer, o personagem assumiu diversas personalidades no filme, incluindo um lado alegre e divertido e um lado sinistro.[43] Comercialmente, Ladies vs Ricky Bahl arrecadou uma bilheteria de US$ 5,2 milhões no mercado interno.[44]

Ranveer iniciou 2013 com o filme Lootera, um romance de época, escrito e dirigido por Vikramaditya Motwane, e co-estrelado por Sonakshi Sinha.[45] Uma adaptação do conto de O. Henry, A Última Folha[46], Lootera foi aclamado pela crítica.[47][48] No entanto, o longa não teve um bom desempenho nas bilheterias.[49] Após, estrelou ao lado de Deepika Padukone na adaptação de William Shakespeare do trágico romance Romeu e Julieta feita por Sanjay Leela Bhansali, intitulado Ram-Leela, em que ele interpretou Ram, um menino Gujarati baseado no personagem de Romeu.[50]  Bhansali ficou impressionado com a atuação de Ranveer no longa Band Baaja Baaraat e decidiu escalá-lo para o filme.[51] Goliyon Ki Raasleela Ram-Leela gerou críticas positivas dos críticos, assim como o desempenho de Ranveer.[52] O filme emergiu como o maior sucesso comercial de Ranveer, com uma receita mundial de US$ 28 milhões.[53][54]  Por sua interpretação, ele recebeu vários reconhecimentos, incluindo uma indicação de Melhor Ator no Filmfare.[55]

Em 2014, Ranveer estrelou como um criminoso Bengali em Gunday, ao lado de Arjun Kapoor, Priyanka Chopra e Irrfan Khan.[56] Ele recebeu críticas positivas[57], entre elas, o entrosamento de Ranveer com Arjun que foi considerado pelo crítico Rohit Khilnani como o trunfo principal do filme.[58] Gunday conseguiu ser a maior abertura de bilheteria de Ranveer[59], e finalmente obteve sucesso de bilheteria, com uma receita US$ 14 milhões em todo o mundo.[60] Depois de uma aparição em Finding Fanny[61], Ranveer estrelou como um gangster no drama policial malsucedido intitulado Kill Dil, contracenando com Parineeti Chopra e Ali Zafar e recebeu críticas negativas.[62]

Em 2015, na comédia dramática de Zoya Akhtar chamada Dil Dhadakne Do, Ranveer atuou ao lado de Anil Kapoor, Shefali Shah, Anushka Sharma e Priyanka Chopra.[63] Comercialmente, o filme teve um desempenho baixo.[64] Em seguida, ele se reuniu com Sanjay Leela Bhansali no romance de época Bajirao Mastani, ao lado de Deepika Padukone e Priyanka Chopra. Ele retratou Bajirao I, para o qual raspou a cabeça e para se preparar, ele se trancou em um quarto de hotel por 21 dias.[65][66] O filme arrecadou US$ 49 milhões para se tornar um dos filmes indianos de maior bilheteria e Ranveer ganhar o Filmfare Awards de Melhor Ator.[67][68]

Em 2016, Ranveer estrelou a comédia romântica de Aditya Chopra, Befikre, ao lado de Vaani Kapoor.[69] Ranveer realizou uma cena de nudez, um feito raro em um filme indiano.[70] O longa teve um desempenho baixo nas bilheterias.[71]

 
Ranveer promovendo o longa Gully Boy

Depois de um ano de ausência das telas, Singh retornou em 2018 interpretando Alauddin Khilji, um cruel rei muçulmano, no drama de época de Sanjay Leela Bhansali chamado Padmaavat, coestrelado por Deepika Padukone e Shahid Kapoor, que marcou sua terceira colaboração com Bhansali e Padukone.[72] Grupos hindus de direita especularam que o filme distorceu os fatos históricos e fez ameaças violentas contra o elenco e a equipe.[73] O lançamento do filme foi adiado e permitido para exibição após várias modificações serem feitas nele.[74] Padmaavat teve um orçamento de produção s de US$ 28 milhões o que o fez ser o filme Hindi mais caro já feito até então.[75] Com uma receita bruta mundial de mais de US$ 80 milhões, foi classificado como o lançamento de maior bilheteria de Ranveer e está entre as maiores bilheterias do cinema indiano.[76][77] Ele ganhou o Filmfare Critics Awards de Melhor Ator (compartilhado com Ayushmann Khurrana por Andhadhun ) e recebeu uma indicação de Melhor Ator na premiação.[78][79] Ainda em 2018, Ranveer interpretou um policial corrupto na comédia de ação Simmba de Rohit Shetty, baseada no filme em idioma telugu Temper, co-estrelado por Sara Ali Khan e Sonu Sood, que marcou sua primeira colaboração com o cineasta Karan Johar, que co-produziu o filme com Shetty.[80][81] Com um lucro mundial de US$ 56 milhões, Simmba emergiu como o segundo filme indiano mais bem sucedido dele em 2018.[76]

Ranveer em 2019 voltou a trabalhar com Zoya Akhtar em Gully Boy, um musical inspirado na vida dos rappers indianos Divine e Naezy.[82] Ranveer encontrou pontos em comum com seu personagem, um homem pobre que sonha em se tornar um rapper, e na preparação, além de participar de workshops de atuação, ele passou um tempo com Divine e Naezy. Ele cantou suas próprias músicas de rap e ficou satisfeito porque o filme chamou a atenção para o submundo do cenário musical da Índia.[83] O filme estreou no 69º Festival Internacional de Cinema de Berlim.[84] Gully Boy ganhou um recorde de 13 Filmfare Awards, e Singh recebeu outro prêmio de Melhor Ator.[85]

FilmografiaEditar

Legenda
  Sinaliza filmes que ainda não foram lançados
Ano Título Personagem Observação
2010 Band Baaja Baaraat Bittoo Sharma Filme de Língua Kannada
2011 Ladies vs Ricky Bahl Ricky Bahl
2013 Bombay Talkies Ele mesmo Participação Especial na Música "Apna Bombay Talkies"
Lootera Varun Shrivastav/

Atmanand "Nandu" Tripathi

Goliyon Ki Raasleela Ram-Leela Ram Rajari
2014 Gunday Bikram Bose
Finding Fanny Gabo Rápida Participação
Kill Dil Dev
2015 Hey Bro Ele mesmo Participação Especial na Música "Birju"
Dil Dhadakne Do Kabir Mehra
Bajirao Mastani Peshwa Bajirao I
2016 Befikre Dharam Gulati
2018 Padmaavat Alauddin Khalji
Teefa in Trouble Ele mesmo Participação Especial em Filme Paquistanês
Simmba Sangram "Simmba" Bhalerao
2019 Gully Boy Murad Ahmed
2020 Ghoomketu Ele mesmo Participação Especial
2021 83 Kapil Dev Concluído
Sooryavanshi Sangram "Simmba" Bhalerao Concluído
Jayeshbhai Jordaar Jayeshbhai Pós-produção[86]
Cirkus Aguardando Divulgação Filmando[87]

Ligações ExternasEditar

Ranveer Singh (em inglês) no IMDb

Ranveer Singh no Instagram

Ranveer Singh no Facebook

ReferênciasEditar

  1. «Ranveer Singh - Hindustan Times». web.archive.org. 24 de dezembro de 2014. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  2. «Filmfare Awards: Ranveer's sweet whispers for Deepika - Times of India ►». The Times of India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  3. KBR, Upala (6 de fevereiro de 2014). «Buddy bonding for Arjun Kapoor and Ranveer Singh». DNA India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  4. Nov 19, Updated:; 2015; Ist, 20:11. «SUNDER SINGH BHAVNANI - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  5. «I wish to visit Karachi once again: Ranveer Singh». The Express Tribune (em inglês). 9 de dezembro de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  6. Hungama, Bollywood. «Ranveer Singh with mom and sister spotted at clothing store, Bandra - Bollywood Hungama» (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  7. Adsul, Riddhi (22 de fevereiro de 2020). «Ritika Bhavnani: fatos pouco conhecidos sobre a irmã de Ranveer Singh». Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  8. «Did you know that Ranveer Singh's grandmother Chand Burke was a popular Bollywood actress? - Times of India ►». The Times of India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  9. «Enthralling Facts About Bollywood Actors Not Everyone Knows About». PagalParrot (em inglês). 29 de dezembro de 2020. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  10. «Why did Ranveer Singh drop his sur name? - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  11. «Exclusive biography of @RanveerOfficial and on his life.». FilmiBeat (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  12. a b c d «Ranveer Singh on Star magazine: A Star is born. Do you agree or not??». PINKVILLA (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  13. a b c d e «Interview With Ranveer Singh : glamsham.com». web.archive.org. 12 de dezembro de 2010. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  14. «Ranveer Singh: I haven't met anyone like Deepika Padukone, ever! - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  15. «Ranveer Singh and Deepika Padukone announce wedding date». The Indian Express (em inglês). 22 de outubro de 2018. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  16. «Deepika Padukone, Ranveer Singh are married now, wedding ceremony ends in Italy». Hindustan Times (em inglês). 14 de novembro de 2018. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  17. «Ranveer Singh - Forbes India Magazine». Forbes India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  18. «2017 Celebrity 100 - Forbes India Magazine». Forbes India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  19. «2019 Celebrity 100 - Forbes India Magazine». Forbes India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  20. «2019 Celebrity 100: What The Money Says». Forbes India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  21. «Here's the full list of GQ's 50 most influential young Indians of 2019». GQ India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  22. «Ranveer Singh, Badshah, Rajkummar Rao at GQ's 50 Most Influential Young Indians of 2017 - Entertainment News , Firstpost». Firstpost. 8 de julho de 2017. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  23. DelhiJuly 26, India Today Web Desk New; July 30, 2019UPDATED:; Ist, 2019 14:33. «The most powerful people of India 2019 | Full list». India Today (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  24. «As Ranveer Singh Turns 34, Here's A Look At His Quirky Fashion Moments - Bizarre Yet 'Befikre'». The Economic Times. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  25. «GQ Style & Culture Awards 2019: Full list of winners». GQ India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  26. «#GQAwards winners: Lewis Hamilton Ranveer Singh, Maluma and more, check out the full list of winners from 2020». GQ India (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  27. Tewari, Saumya (14 de outubro de 2016). «Why brands are going crazy over Ranveer Singh». mint (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  28. «adidas Originals launches- 'The Home Of Classics' with India brand ambassador 'Ranveer Singh'». afaqs!. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  29. www.ETBrandEquity.com. «Ranveer Singh dances to the moves of Farah Khan in new Head & Shoulders ad campaign - ET BrandEquity». ETBrandEquity.com (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  30. Irani, Delshad; Balakrishnan, Ravi. «I consciously track the performance of my brands: Ranveer Singh». The Economic Times. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  31. IN, FashionNetwork com. «Jack & Jones new campaign features Bollywood actor Ranveer Singh». FashionNetwork.com (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  32. Shukla, Akshata (1 de maio de 2019). «Sports Khabri - Sportskhabri is a one stop platform that keeps you up to date with all the sports information related to branding and sponsorship.». Sports Khabri (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  33. Shah, P. R. Sanjai,Gouri (17 de fevereiro de 2016). «Ranveer Singh, Alia Bhatt endorse MakeMyTrip». mint (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  34. Laghate, Gaurav. «Virat Kohli tops powerful celebrity brands list with a brand value of $170.9 million». The Economic Times. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  35. DelhiMarch 29, India Today Web Desk New; March 29, 2019UPDATED:; Ist, 2019 13:09. «Ranveer Singh launches independent music label, his dream project». India Today (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  36. «Ranveer Singh on Star magazine: A Star is born. Do you agree or not??». PINKVILLA (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  37. a b «YRF launches new face with Anushka Sharma». The New Indian Express. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  38. «Missing the mark». The Indian Express (em inglês). 5 de novembro de 2010. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  39. «Movie Review: Band Baaja Baaraat - NDTV Movies». NDTVMovies.com (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  40. «Boxofficeindia.com». web.archive.org. 20 de janeiro de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  41. «56th Filmfare Awards 2010- A night of glitz & glamour - bollywood news : glamsham.com». web.archive.org. 3 de fevereiro de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  42. Editorial, B. O. C. (6 de abril de 2011). «YRF's Ladies V/S Ricky Bahl goes on floors in Delhi». Businessofcinema.com (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  43. «Ranveer Singh: The new heart-throb». The Indian Express (em inglês). 12 de março de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  44. «Box Office Check: Aditya Chopra The Producer». Koimoi (em inglês). 21 de maio de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  45. MumbaiNovember 18, India Today Online; May 10, 2011UPDATED:; Ist, 2012 14:25. «Sonakshi comfortable with Indian look». India Today (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  46. «A última folha / tradução do conto "The last leaf", de O. Henry». Recanto das Letras. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  47. «Sonakshi-Ranveer's Lootera inspired by O Henry's short story - Hindustan Times». web.archive.org. 18 de junho de 2012. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  48. «Lootera: a slow pace romantic saga worth watching, say critics». Hindustan Times (em inglês). 5 de julho de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  49. «Boxoffice». web.archive.org. 2 de novembro de 2014. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  50. DelhiJanuary 24, India Today Online New; January 28, 2013UPDATED:; Ist, 2013 15:34. «First look Ram Leela: Meet Romeo Ranveer and Juliet Deepika». India Today (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  51. «Ranveer Singh to romance Kareena in 'Ram Leela'». Zee News (em inglês). 30 de maio de 2012. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  52. «Movie review: Bhansali's Ram-leela is his best ever, say critics». Hindustan Times (em inglês). 15 de novembro de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  53. «'Goliyon Ki Raasleela Ram-Leela' earns Rs 93.58 crores in opening weekend». Deccan Chronicle (em inglês). 20 de novembro de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  54. «Ramleela All Set To Join Koimoi's 'Top Worldwide Grossing Movies' List». Koimoi (em inglês). 11 de dezembro de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  55. «59th Idea Filmfare Awards Nominations». web.archive.org. 15 de janeiro de 2014. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  56. «Image Gallery Of Gunday movie - Yash Raj Films». www.yashrajfilms.com. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  57. Chute, David; Chute, David (17 de fevereiro de 2014). «Film Review: 'Gunday'». Variety (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  58. February 14, Rohit Khilnani; February 14, 2014UPDATED:; Ist, 2014 17:23. «Movie review: Gunday is old wine in a new bottle, it tastes awesome!». India Today (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  59. «Gunday First Day Collections Report - Box Office India». www.boxofficeindia.com. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  60. Seshagiri, Sangeetha (23 de fevereiro de 2014). «'Gunday' Box Office Collection: Ranveer-Arjun Starrer Grosses ₹100 Crore Worldwide». www.ibtimes.co.in (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  61. «After 'Ramleela', Ranveer Singh and Deepika Padukone to share screen space in 'Finding Fanny Fernandes'». DNA India (em inglês). 10 de outubro de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  62. «'Kill Dil' gets 'kill'ed officially; collects a mere Rs 20 crore in opening weekend». The Indian Express (em inglês). 17 de novembro de 2014. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  63. «Dil Dhadakne Do (Dil Dhadakne Do Movie) Cast & Crew, Dil Dhadakne Do Hindi Movie Cast and Crew, Actor, Actress». FilmiBeat (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  64. «Dil Dhadakne Do - Movie - Box Office India». boxofficeindia.com. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  65. «Exclusive: Ranveer Singh shaves his head for Bajirao Mastani - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  66. «When Ranveer Singh locked himself up in a hotel room for 21 days». mid-day (em inglês). 14 de dezembro de 2015. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  67. «Worldwide 2015 - Dilwale Nearing Prem Ratan Dhan Payo - Box Office India». web.archive.org. 17 de janeiro de 2016. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  68. «Full list of winners of the 61st Britannia Filmfare Awards». filmfare.com (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  69. «Exclusive: Ranveer Singh, Vaani Kapoor up the heat in new Befikre picture». Hindustan Times (em inglês). 23 de agosto de 2016. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  70. ParisOctober 14, Sushant Mehta; October 14, 2016UPDATED:; Ist, 2016 19:53. «Exclusive: Ranveer Singh has gone butt naked for Befikre. For real!». India Today (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  71. «Befikre - Movie - Box Office India». boxofficeindia.com. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  72. «Team Padmavati starts shooting today». filmfare.com (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  73. «Esta mulher é de perder a cabeça; e não só em Bollywood | Mundialista». VEJA. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  74. «"Padmavati" Now "Padmavat", Cleared With 5 Changes Including A Song». NDTV.com. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  75. «Padmavati Being Aimed For A February Release - Box Office India». web.archive.org. 8 de dezembro de 2017. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  76. a b Hungama, Bollywood. «Worldwide Highest Grossing Bollywood Movies on 2018 - Bollywood Hungama» (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  77. «Worldwide Alltime : Padmaavat 7th - Baaghi 2 22nd - Box Office India». boxofficeindia.com. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  78. «Winners of the 64th Vimal Filmfare Awards 2019 | filmfare.com». web.archive.org. 23 de março de 2019. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  79. «Nominations for the 64th Vimal Elaichi Filmfare Awards 2019». filmfare.com (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  80. «Ranveer Singh Stars In And As Simmba In Rohit Shetty, Karan Johar Film. Twitter's Thrilled». NDTV.com. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  81. Hungama, Bollywood (7 de dezembro de 2017). «BREAKING: Ranveer Singh in and as Simmba; directed by Rohit Shetty : Bollywood News - Bollywood Hungama» (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  82. «Real Gully Boys Divine and Naezy praise Ranveer Singh: He soaked in our body language, our attitude». Hindustan Times (em inglês). 6 de fevereiro de 2019. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  83. «My DNA is Simmba, not Gully Boy: Ranveer Singh». The Indian Express (em inglês). 11 de fevereiro de 2019. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  84. Ramachandran, Naman; Ramachandran, Naman (13 de fevereiro de 2019). «Indian Hip-Hop Gets Big Screen Time in Berlin Festival Pic 'Gully Boy'». Variety (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  85. «Filmfare Awards 2020 full list of winners: Gully Boy's 13 wins make history, Alia Bhatt and Ranveer Singh take top awards». Hindustan Times (em inglês). 16 de fevereiro de 2020. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  86. «'Jayeshbhai Jordaar': Ranveer Singh and Shalini Pandey head to Gujarat for second schedule». DNA India (em inglês). 9 de janeiro de 2020. Consultado em 6 de janeiro de 2021 
  87. «Exclusive: Ranveer Singh starts shooting for Rohit Shetty's 'Cirkus' - Times of India». The Times of India (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2021