Raul Ardens

Raul Ardens (em latim: Radulfus Ardens; em francês: Raoul Ardens; m. c. 1200), chamado também de Radulfo, foi um teólogo e filósofo escolástico francês do século XII nascido em Beaulieu, Poitou. É conhecido principalmente por sua "Summa de vitiis et virtutibus" ou "Speculum universale" ("Espelho Universal"), que está dividida em 14 volumes e é uma obra de teologia sistemática e ética.

Raul Ardens
Nascimento século XII
Morte 1200
Ocupação teólogo
Religião Igreja Católica

Em sua época, foi um celebrado pregador e diversos de seus sermões sobreviveram. Foi muito influenciado por Gilberto de la Porrée[1] e acredita-se que teria sido aluno de Pedro, o Cantor[2].

Serviu como capelão de Ricardo I da Inglaterra durante a maior parte da década de 1190[1].

Referências

  1. a b Stephen C. Ferruolo, The Origins of the University: The Schools of Paris and Their Critics, 1100-1215 (1985), p. 193.
  2. Joseph H. Lynch, Simoniacal Entry Into Religious Life from 1000 to 1260 (1976), note p. 140.

ReferênciasEditar

  • Johannes Gründel, Die Lehre des Radulfus Ardens von den Verstandestugenden auf dem Hintergund seinen Seelenlehre, Munich et al.: Schöningh, 1976, (=Veröffentlichungen des Grabmann-Institutes zur Erforschung der mittelalterlichen Theologie und Philosophie; N.F., vol. 27 Münchener Universitäts-Schriften, Fachbereich katholische Theologie), simultaneously Munich, Univ., Habil.-Schr., 1966. ISBN 3-506-79427-2.

Ligações externasEditar