Abrir menu principal

Ravi Shankar (13 de maio de 1956) é um líder espiritual indiano. Ele é frequentemente chamado apenas pelo título honorífico "Sri Sri, Guruji ou Gurudev.[1] Além de líder espiritual, ele é fundador da Art of Living Foundation criada em 1981, cujo objetivo é tratar do estresse individual, problemas sociais e violência.[2] Em 1997, ele estabeleceu uma instituição de caridade baseada em Genebra, a Associação Internacional para os Valores Humanos, uma ONG que se dedica ao trabalho de socorro e ao desenvolvimento rural e visa promover valores globais compartilhados.[3][4] Por seus serviços, ele recebeu algumas das maiores condecorações de vários países, incluindo Índia, Peru, Colômbia e Paraguai. Em janeiro de 2016, ele recebeu o "Padma Vibhushan" do Governo da Índia.

BiografiaEditar

Ravi Shankar nasceu em Papanasam, Tamil Nadu, filho de Visalakshi Ratnam e R. S. Venkat Ratnam. Ele foi batizado "Ravi" (um nome comum na India) por ter nascido num domingo, e Shankar em homenagem ao líder espiritual Adi Shankara.[5] o primeiro professor de Ravi Shankar foi Sudhakar Chaturvedi,um estudioso védico indiano ligado a Mahatma Gandhi.[6][7] ele é bacharel em ciência pela Bangalore University.[8][9] Após se graduar, Shankar viajou com seu segundo professor, Maharishi Mahesh Yogi,[10] dando palestras e organizando conferências sobre ciência védica, e criando centros de meditação trancendental e Ayurveda.[11][12]

Na década de 1980, Shankar iniciou uma série de cursos práticos e experienciais em espiritualidade em todo o mundo. Ele diz que sua prática de respiração rítmica, Sudarshan Kriya, chegou a ele em 1982, "como um poema, uma inspiração", depois de um período de silêncio de dez dias nas margens do rio Bhadra em Shimoga, no estado de Karnataka, acrescentando: "Aprendi e comecei a ensiná-la".[13]

Shankar diz que cada emoção tem um ritmo correspondente na respiração e que a regulação da respiração pode ajudar a elevar o indivíduo e ajudar a aliviar o sofrimento pessoal.[14]

Em 1983, Shankar realizou o primeiro curso de Arte da Vida na Suíça. Em 1986, ele viajou para Apple Valley, vila localizada no estado norte-americano de Califórnia, realizando o seu primeiro curso na América do Norte.[15][16]

Referências

  1. A. Salkin, Emperor of Air, Yoga Journal, 2002.
  2. «Sri Sri Ravi Shankar». The Huffington Post 
  3. «The International Association for Human Values (IAHV)». Consultado em 8 de novembro de 2017. Arquivado do original em 17 de abril de 2015 
  4. «IAHV Peacebuilding». Consultado em 8 de novembro de 2017. Arquivado do original em 14 de maio de 2016 
  5. The New York Times (11 de dezembro de 2011). «Seeking Bliss Among the Honks and Hisses». The New York Times Company. Consultado em 15 de setembro de 2014 
  6. «Sri Sri Ravi Shankar and the Art of Spreading Awareness Over the World». Consultado em 15 de setembro de 2014 
  7. «Pandit gifted wheelchair on birthday». The Times of India. Bennett, Coleman & Co. Ltd. The Times of India. 15 de setembro de 2011. Consultado em 15 de setembro de 2014 
  8. «Scan of Degree Certificate». Consultado em 8 de novembro de 2017. Arquivado do original em 29 de junho de 2012 
  9. «Distinguished Alumni». sjc.ac.in 
  10. «Maharishi Mahesh Yogi cremated in Allahabad – The Times of India». The Times of India 
  11. Gautier, Francois. The Guru of Joy. New York: Hay House, 2008. p. 36.
  12. Fischman, Michael (2010). Stumbling into Infinity: An Ordinary Man in the Sphere of Enlightenment. [S.l.]: Morgan James Publishing. ISBN 978-1-60037-648-1 
  13. Mahadevan, Ashok (fevereiro de 2007). «Face to face». Reader's Digest. Consultado em 5 de junho de 2009 
  14. MacGregor, Hillary E (31 de outubro de 2004). «Breathe deeply to relieve stress, depression». The Seattle Times. Consultado em 5 de junho de 2009 
  15. «Art of living founder Ravi Shankar - First Indian to receive the Crans Montana Forum Award». 29 de junho de 2011 
  16. History. artofliving.eu. Retrieved on 7 September 2011.