Referendo dinamarquês sobre cooperação com a União Europeia

             Flag of Denmark.svg             
Referendo dinamarquês
sobre cooperação com a União Europeia
3 de dezembro de 2015
Tipo de eleição:  Referendo nacional sobre a União Europeia
Demografia eleitoral
Votantes : 2,989,589
Resultados
Sim
  
46%
Não
  
53%

O Referendo dinamarquês sobre cooperação com a União Europeia (Folkeafstemningen om retsforbeholdet) foi realizado em 3 de dezembro de 2015 na Dinamarca.

Cartazes pró e contra em Copenhaga.

O tema abordado era a participação da Dinamarca na política de justiça e administração interna da União Europeia. A proposta sujeita a referendo transformaria o opt-out total da Dinamarca nesta matéria para uma derrogação parcial negociada medida a medida, à semelhança de como acontece com o Reino Unido e a Irlanda. O tema tinha especial importância devido à participação na Europol. O ”não” venceu com 53%, continuando assim a Dinamarca a não participar na aplicação de diretivas europeias e acórdãos do Tribunal de Justiça da União Europeia nestas matérias e não participar na cooperação europeia nestas áreas. [1][2][3]

Os partidos e o referendoEditar

O lado do "Sim" - favorável a uma maior cooperação policial e judicial com a União Europeia - estava apoiado pelo Partido Liberal, Partido Social-Democrata, Partido Popular Conservador, Alternativa, Partido Social-Liberal e Partido Popular Socialista. O lado "Não" - desfavorável a uma maior cooperação policial e judicial com a União Europeia - estava apoiado pelo Partido Popular Dinamarquês, Aliança Liberal e Aliança Vermelha e Verde.

Referências

  1. Hélder Fernandes. «Dinamarqueses não querem mais cooperação com a União Europeia». TSF. Consultado em 4 de dezembro de 2015 
  2. Mette Richardt. «Epinion: Vælgere var utro mod partifarve ved EU-afstemningen» (em dinamarquês). DR. Consultado em 4 de dezembro de 2015 
  3. «EU-Afstemning» (em dinamarquês). Politiken. Consultado em 4 de dezembro de 2015